Magazine do Xeque-Mate

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

É preciso ver além das pontas dos icebergs!

Xeque - Marcelo Bancalero

Mirian Leitão em publica nota dizendo que "encontrou-se por acaso com Gurgel"...
Alguém acredita neste acaso?
Eu vou dizer uma coisa sobre  estas novas pontas de Icebergs que se apresentam.
Precisamos aprender a olhar abaixo das pontas destes Icebergs se quisermos compreender as manobras do inimigo do povo.
Não vamos ter uma investigação sobre Lula ainda, como não tivemos nenhuma vítima da AP 470 presa por enquanto. Pois eles  querem  estes trunfos, para usarem o mais próximo das eleições  de 2014. 
Só não enxerga quem não quer a manobra  destes golpistas.
O  papel da mídia golpista através do PIG é  exatamente este... Ir sevando a população com notinhas, um escandalosinho aqui  outro ali... Pra depois jogar a isca  na tentativa de pescar o que desejam.
Não podem deixar que caia em esquecimento nada do que aconteceu até aqui. Vão sempre que puder  mostrar notícias onde possam  relembrar a AP 470. E claro não vão queimar cartucho á toa atirando diretamente em Lula, pelo menos por agora não, pois se fizerem isso sabem que darão um tiro no escuro, pois  a credibilidade de Lula é intocável. Só podem tocar nele através do próprio povo. Só assim para que ele não  eleja mais um de seus postes em 2014, dessa vez  aniquilando o tucanato  no estado de SP.  Tenho pra mim  que  devem estar mais preocupados  em não perder  SP do que  conquistar o cargo de presidente. Até por que é irrisória as chances que tem  com os candidatos possíveis para o cargo.
Eu compreendo que para Dilma  entrar numa batalha para o marco regulatório no país ( uma das únicas chances de  tornar mais justa  nossa luta), traria  um ônus complicado, pois até que se vencesse esta batalha, daria  munição aos golpistas para  a acusarem de ir contra a liberdade de expressão, acusando-a de censura e etc. Mas  pesando os prós e contras, ainda sou à favor da regulamentação da mídia agora com Lula nos ajudando nas ruas, trazendo a população para o lado da verdade.
Outra coisa que precisa ser logo explicada para a população, custe o que custar, doa em quem doer... É uma nota pública do Banco do Brasil explicando tudo sobre o desvio que não aconteceu dos 73 milhões, e assim, colocar em xeque o STF, a PGR que teriam de inocentar Henrique Pizzolato e em consequência disso rever toda a  AP 470. Se não fizerem isso, os inimigos deste governo que  tanto fez pelo Brasil serão fortalecidos... E em troco do que? De proteger quem?
O Congresso Nacional não pode ficar passivo diante de tudo que foi tentado contra ele enquanto um dos poderes da nação. 
A população  também precisa receber informações  de maneira mais ampla. Não adianta termos a torcida da maioria do povo para Lula e Dilma. Isso não resolve os problemas da nação... Precisamos conscientizá-los de que existe uma tentativa de golpe. Focamos na torcida pela justiça na AP 470  e vejam o que aconteceu!
O povo fala nas pesquisas que aprova o governo Dilma... Então que este mesmo povo  entre na  luta para manter o governo que aprovam, ou tudo poderá ser perdido e nosso país  voltará a ser vendido em privatarias, voltará cair nos índices que  conquistou  nestes últimos  10 anos.
Eu  desafio você leitor a olhar para trás, relembrar a história e depois tentar imaginar um Brasil sem Lula e Dilma. Depois  diga  se  não vale à pena sair da torcida e entrar na luta para mantermos  as vitórias que temos conquistado. 
Questione  as noticias que  você recebe em sua casa. Filtre através  das informações  na internet. Cobre  explicações das mentiras que falam, cobre do STF a verificação do que os advogados pediram em memorandos e foram  indeferidos pelo relator e presidente do supremo. Perguntem o porquê disso. Façam uso de seus direitos, usem a ferramenta que  tiverem nas redes sociais , blogs, por emails. 

Não deixem que nosso país  volte para trás!

Cobrem da mídia a divulgação de verdadeiros casos de corrupção como o mensalão tucano, Privataria tucana, e outros...
Só assim  você poderá sentir orgulho de ser brasileiro!
Fazendo parte da construção de uma história democrática em nosso país!
Chega de ficar na torcida... Lula e Dilma precisam de vocês! Famílias que foram  jogadas na lama do PIG precisam de vocês!
Venha para o campo de batalha agora... Pois amanhã, pode ser você na mira  dos golpistas!

Obs: clique nos links das palavras para saber mais!
Se precisar tem muito mais no Megacidadania e nas colunas ao lado deste Blog
Lembre-se de apoiar a petição pública contra a cassação de Genoíno aqui http://xeque-mate-noticias.blogspot.com/2013/01/peticao-publica-somente-para-voce-que.html




Gurgel favorece oposição com declarações sobre Lula

9/1/2013 11:04
Por Redação - de Brasília
STF
Presidente do STF, o ministro Ayres Britto observa Gurgel
Procurador-Geral da República, Roberto Gurgeldeu mais um passo na direção desejada pela oposição às esquerdas no país ao afirmar que pensa em enviar à primeira instância o depoimento do operador do ‘mensalão’,Marcos Valério de Souza, no qual ele acusa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de usar recursos do esquema para pagar despesas pessoais. Como ex-presidente, o petista não têm mais o chamado foro privilegiado, que restringe investigações e processos contra autoridades a instâncias superiores da Justiça. Gurgel  passará agora à fase de exame do depoimento e deverá encaminhar o documento para o primeiro grau após voltar de férias, ainda neste mês.
A notícia de que ele já havia mandado o processo para a primeira instância, divulgada na edição desta quarta-feira do diário conservador paulistano O Estado de S. Paulo, foi desmentida por Gurgel. Em nota, distribuída no início desta tarde, o procurador-geral afirma que ainda não iniciou a investigação sobre as declarações de Valério, mas pretende fazê-lo agora.
“A Secretaria de Comunicação do Ministério Público Federal informa que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ainda não iniciou a análise do depoimento de Marcos Valério, pois aguardava o término do julgamento da AP 470 (mensalão). Esclarece ainda que somente após a análise poderá informar o que será feito com o material. Portanto, não há qualquer decisão em relação a uma possível investigação do caso”, informa a PGR.
Na véspera, Gurgel disse que pensava enviar o caso à primeira instância. Caberá então a procuradores que atuam na primeira instância da Justiça avaliar se abrem uma investigação contra Lula ou se arquivam o caso, se entenderem não haver indícios contra ele. Em dezembro, Gurgel já havia dito que, caso algo fosse encontrado em relação a Lula, o caso seria “encaminhado à Procuradoria da República de primeiro grau”.
Uma vez recebidas as informações de Valério, no segundo semestre do ano passado, Gurgel decidiu aguardar até o final do julgamento da Ação Penal (AP) 470, conhecido como ‘mensalão’, concluída em dezembro com 25 condenados, entre eles o próprio Valério e o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu. Na avaliação das duas procuradoras da República que tomaram o novo depoimento de Valério, e do próprio Gurgel, não haveria nenhum fato bombástico, apenas informações que confirmariam o que foi denunciado ao STF.
A única informação nova seria a de que recursos provenientes do Banco Rural teriam sido usados não só para alimentar o esquema, mas também para pagar contas pessoais do presidente Lula. O ex-presidente tem evitado se manifestar, mas disse que as declarações de Valério são mentirosas. Concluída a AP 470, o procurador-geral chamou Marcos Valério de “jogador”, mas argumentou que nada deixaria ser investigado.
– Com muita frequência Valério faz referência a declarações que ele considera bombásticas etc., e quando nós vamos examinar em profundidade não é bem isso. Mas vamos ver o que existe no depoimento – disse, na época.
O Instituto Lula informou ao jornal que o ex-presidente está viajando e não comentaria a decisão do MPF de iniciar investigação sobre as acusações de Valério. Procurados por jornalistas, representantes da instituição e do MPF no Distrito Federal não estavam imediatamente disponíveis para comentar o caso.
Jogo político
Na visão do professor Antonio Lassance, cientista político e pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), há um movimento orquestrado no país para trazer a 2013 o início da disputa pela cadeira da presidenta Dilma Rousseff. Com a participação ativa da mídia conservadora, esta iniciativa visa criar a máxima instabilidade possível, logo no raiar do ano, para ter uma chance de chegar ao segundo turno contra a presidenta, em 2014.
“A oposição sabe que o ano-chave das eleições não é 2014, é 2013. Ou ela começa já a derrubar a popularidade de Dilma, incentiva candidaturas competitivas e estigmatiza de vez o partido da presidenta, ou pode dar adeus não só às suas remotas chances de vitória, mas de que haja segundo turno em 2014. O “timing” para fazer isso é 2013, ou será tarde demais para conseguir tirar a vantagem que hoje tem a presidenta contra qualquer adversário”, afirma Lassance.
Para atingir Dilma, também segundo cronistas políticos como o jornalista Paulo Henrique Amorim (PHA), apresentador de um telejornal em TV aberta, é preciso bater em Lula. No Judiciário, a oposição encontrou espaço de sobra para fazer a manobra que visa solapar a credibilidade do PT, de seu principal líder e, por consequencia, da titular do partido no Planalto. Segundo PHA, “Roberto Gurgel é aquele que o senador Fernando Collor denuncia como prevaricador e chantagista”.
“Gurgel foi aquele que, na calada da noite, retirou o pedido de prisão do Dirceu e do Genoíno enquanto o Supremo estava em sessão, para reapresentá-lo quando a decisão cabia apenas ao Presidente Barbosa. Foi uma manobra tão extravagante que Barbosa aplicou uma derrota a Gurgel. Gurgel não leu o Privataria Tucana, embora o Presidente Barbosa tenha recomendado”, afirma o colunista.
PHA lembra que “o sinistro mandato de Gurgel se encerra em abril. Caberá à Presidenta Dilma escolher o substituto, que não precisa ser, como tem sido, da lista elaborada pelos procuradores”. Embora o mandato de Gurgel tenha apenas mais alguns meses pela frente, como lembrou o professor Antonio Lassance, ainda há desdobramentos da AP 470 que tendem a contribuir para os planos da oposição.
“Os estigmas mais fortes virão dos desdobramentos do mensalão. A oposição ambiciona as imagens de petistas indo para a carceragem, se possível, algemados; melhor ainda se forem pegos de pijama e seguirem para a prisão em camburões, filmados pelos helicópteros das redes de TV. Os novos alvos ficam por conta da batalha pela redução das tarifas de energia, confrontada com o fantasma do apagão, e da gestão da prefeitura de Haddad, que poderá ser alvo da mesma tentativa de erundinização que se viu na campanha de 1989 contra Lula, quando uma administração boa e séria foi transformada em um péssimo exemplo pelos adversários”, concluiu.


License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido