Magazine do Xeque-Mate

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Solidários a Henrique Pizzolato

Xeque - Marcelo Bancalero

Alguns petistas não conhecem Henrique Pizzolato e o histórico de sua luta  dentro do Partido dos Trabalhadores.
Entre estas lutas pelo PT, muitas lutas por cada brasileiro.
Henrique Pizzolato merece nossa ajuda em sua defesa contra os ERROS do STF por muitos motivos...

Por respeito ao seu trabalho como membro do PT, seu trabalho na construção de um Brasil melhor...
E por que ou  somos todos unidos  nesta luta, ou  permitiremos  que a mentira  prevaleça.
O legado de Lula foi construído graças a  atuação de pessoas  como Henrique Pizzolato, e se  queremos defender este legado, precisamos nos unir em defesa  deste  brasileiro, Henrique Pizzolato, um petista envolvido nas causas trabalhistas, um brasileiro compromissado com as causas sociais.
Por ter sido Fundador do PT no RS em 1980, por todas as vezes que foi candidato pelo PT a algum cargo político, como ao cargo de prefeito por 2 vezes  em Toledo, 1 vez ao cargo de vice-prefeito na mesma cidade. E 1 vez candidato a governador do Paraná. Em todas  estas  campanhas, mesmo sabendo que iria perder a eleição, mas aceitando a incumbência do partido que precisava de um candidatura para se fortalecer. Pois  era necessário que alguém  defendesse o partido. E muitas vezes sem dinheiro, Pizzolato não fez corpo mole, mas ao contrário foi para o sacrifício, saiu muitas vezes de ônibus, à pé, de carona, outras  com carro emprestado, mas sempre levando a bandeira do Partido dos Trabalhadores. Quando foi  candidato a governado do Paraná, visitou de ônibus  várias cidades do estado, fazendo sua campanha, não na pretensão de vencer, pois sabia da difuldade do partido na época, mas  para fazer com que o PT avançasse. Assim conseguiu com que este esforço levasse o PT do Paraná a avançar de 1 um deputado estadual, para 3 federais e 4 estaduais, sendo o maior crescimento proporcional do PT  no pais naquela eleição de 1996.





Henrique Pizzolato participou do  1º programa de TV do PT,  depois que Itamar Franco assumiu o governo.
Participaram Lula e Henrique Pizzolato que na época era um dos coordenadores da Campanha Contra a Fome e a Miséria, liderados pelo Betinho e Dom Mauro Morelli. 
Nesse período, Pizzolato como representante eleito pelos dos funcionários do Banco do Brasil, viajou por centenas de cidades do Brasil para instalar e fundar os comitês.
O Betinho tinha problema de saúde e Dom. Mauro com mais idade também tinha mais dificuldades de agenda. Como ele foi o 1º diretor eleito por voto diretos dos funcionários do BB, também o  1º diretor eleito por voto direto da associados da Previ, mais uma vez, agora não apenas por uma bandeira do partido, mas  uma bandeira pelas causas sociais, Henrique Pizzolato se desdobrou para  atender a ambas as necessidades. Deixando de lado seus interesses pessoais, muitas vezes sua família, vestiu mais uma vez a camisa do PT, a camisa das causas sociais inerentes a cada brasileiro.
Ainda falando de causas sociais, como a trabalhista, tão relevante ao partido, ajudou a CUT do PR, na coordenação  da primeira grande greve dos trabalhadores (barrageiros) que estavam construindo Itaipu. Foi notícia nacional pois houve enfrentamento, inclusive com o exercito.
Foi ainda o 1º presidente e fundador da Escola Sul da Cut, uma escola de formação e profissionalização para trabalhadores dos 3 estados do Sul. RS, SC, PR. E diretor nacional do DiEESE.
Por estas coisas, já  seria justificada qualquer  defesa a Henrique Pizzolato.
Petistas e brasileiro!
E finalizando...
Os companheiros do PT que como Henrique Pizzolato foram condenados num julgamento político, o PT de Dilma e o Legado de Lula só podem ser defendidos  com a anulação deste julgamento da AP 470. E a anulação só pode acontecer  por que temos provas que não houve desvio do Banco do Brasil.
Então é à partir da defesa de Henrique Pizzolato que podemos salvar nosso partido, nosso país das garras daqueles que  visam apenas o poder.
Cadastre-se no Fórum Permanente em Defesa da Democracia, Contra os Erros do Supremo Tribunal Federal (STF) no Julgamento da Ação Penal 470 (AP 470): Pró Verdade e Justiça. 
E participem do grupo Solidários a Henrique Pizzolato no Facebook


Abaixo, apenas algumas das muitas atuações  de Henrique Pizzolato.



Baixe o Jornal de nossa Campanha



Conheçam as provas que defendemos para a anulação do julgamento da AP 470

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido