Magazine do Xeque-Mate

sábado, 1 de setembro de 2012

Não adianta o BBB do STF tentar me enganar! Continuarei a pregar que o "mensalão" é uma farsa e tentativa de golpe!

Xeque - Marcelo Bancalero

Eu ainda acredito que a farsa do mensalão ocorreu como um todo. 
Não me venha com essa de os ministros são os paladinos da justiça! Sinto-me envergonhado com a submissão da mais alta corte de meu país se permitindo ser manipulada pelo PIG ( Partido da Imprensa Golpista), e por demotucanos. Foi o PSDB que inventou o mensalão, foi o DEM com Demóstenes que com a ajuda de Cachoeira e o PIG que deram o ponta pé inicial.
E assim crendo, não consigo encontrar nenhum  acusado que realmente possa ser incriminado. Apenas um problema de caixa 2 , que todo mundo no Brasil pratica, feito pelo companheiro Delúbio e pode ser enquadrado apenas como crime eleitoral. Fora isso, nem mesmo contra Marcos Valério posso usar as provas inexistentes do autos do processo para denunciá-lo. 
Tenho documentos dos autos do processo da AP 470  (Veja AQUI ),que foram ignorados pela PGR, na pessoa do Gurgel, que logo vai passear na CPMI do Cachoeira ( Veja AQUI) e ignorados pelo Joaquim Barbosa que precisou  até mentir para  fazer passar seu voto contra o HP  (Veja AQUI) isso provavelmente por pensar com ansiedades e  vaidades em 2014 (Veja AQUI)
O modo estratégico como a PGR montou a acusação é que  é estranho. Depois o modo como o relato JB pinçou , no seu "fatiamento", o seu voto, me deixam a pensar que realmente Lula tinha razão (Veja AQUI)
Do modo como a denúncia foi friamente montada pela PGR, só foi possível a Lewandowski e Toffoli, conseguirem provar a inocência de João Paulo Cunha.Mas o que precisamos é entender que o mensalão não existiu!
Só assim, conseguiremos mostrar e provar a inocência de todos nossos companheiros!
Afinal o Mensalão, é um "mise en scene" Tucano! (Veja AQUI), e sustentamos o que diz a defesa de José Dirceu que o mensalão  é uma farsa! (Veja AQUI)

Abaixo a defesa aos ministros que  conseguiram agir de acordo com nossa Carta Magna, na medida do possível





Por alguma razão que desconhecemos, apenas dois ministros das mais alta Corte de Justiça do país, votaram de acordo com a legislação vigente e não tentaram, a exemplo dos demais, adaptar o Direito a uma tese midiática.

A questão central é que os votos da maioria dos ministros, até agora, está em frontal desacordo com o estabelecido em nosso ordenamento e precisamos entender o que isso significa. É importante ressaltar que, nem de longe, estamos tratando de direitos perdidos por políticos; tanto assim que, políticos de outros partidos em situações idênticas, receberam tratamento diferente, ou melhor, adequado, por parte do Poder Judiciário.


O que acontece então com o Partido dos Trabalhadores para que suas lideranças mereçam, por parte do Poder Judiciário, um tratamento diferenciado? Pq razão uma Corte de Exceção, obedecendo a critérios estranhos ao Direito, foi estabelecida no Brasil para alvejar um determinado partido político?
O Partido dos Trabalhadores, hoje, representa, quase 80% da sociedade brasileira e é esta parcela da sociedade que está no banco dos réus, na figura de seus representantes, sobretudo, José Dirceu e José Genoíno; os demais brasileiros, como já vimos será tratado de acordo com a legislação vigente. Os mensalões do PSDB e DEM, muito mais antigos e com um volume de dinheiro muito maior, estão recebendo do Poder Judiciário o trata mento, previsto em lei. afora o fato de nossos magistrados serem representantes de nossa elite, muito embora indicados pelo presidente Lula; nada mais justificaria essa posição seletiva dentro da cúpula do Poder Judiciário e, aqui vale lembrar que, mesmo que quisesse, o Presidente Lula, não poderia encontrar p/ o cargo de ministro do STF alguém que não viesse do seio da elite nacional por mais que se queira vender a idéia de que um magistrado com mestrado e doutorado fora do Brasil, nasceu das classes menos favorecidas; isso é puro marketing e o Brasil sabe muito bem reconhecer-se e, definitivamente, não se reconhece no plenário do STF. Serra e Alckmin se marketam como oriundos de classes populares e não convencem nem seus eleitores.
Então o que está por trás do tal de mensalão, vendido, originalmente, como compra de votos da base aliada, com dinheiro público para apoio ao governo, que hoje não faz mais sentido para ninguém?
Ocorre que a máfia-midiática, hoje já conhecida no país inteiro, graças a CPMI do Cachoeira, não conseguiu, depois de nove anos, derrubar do poder o Partido dos Trabalhadores e, partiu para o tiro de misericórdia, a saber, usurpar no STF o poder conquistado nas urnas.
Todos aqui acompanharam o esforço do senador Fernando Collor, na convocação do PGR para dar explicações a CPMI sobre seu envolvimento com o crime organizado, bem como a convocação de Policarpo Jr, da revista Veja, que lançava os factóides que a mídia velha repicava. A própria esposa de Cachoeira, declarou que o jornalista era empregado de seu marido.
Portanto, hoje o Brasil sabe que o grupo de Cachoeira, "arapongou" a nação para chantagear figuras públicas e que o trabalho da PGR era propor, ou não, denúncias ao STF.
Mais uma vez, por alguma razão, a Ministra Rosa Weber, tão dura com os indícios dos réus da AP 470, entendeu por bem, suspender a representação do senador contra o Procurador Geral da República e, aqui, nenhuma linha sobre o " poder de tramar na sombra". Curioso, isso, na medida em que todos sabemos que o vídeo que deu origem ao " mensalão" foi elaborado nas oficinas do Cachoeira. Parece que nossos ministros estão dispostos a cobrar dos réus e não dos acusadores a prova de inocência, por perceberem quem, de fato, está no pólo acusador. Em português, bem claro, invertem o ônus da prova pq é mais fácil enfrentar um partido político do que o crime organizado.
O problema é que a covardia de nossos magistrados, gera efeitos para nós. As decisões do STF tem efeitos para a sociedade como um todo e, qual de nós aceitaria ser condenado sem provas? Ah mas é o José Dirceu e eu não vou com cara dele! Beleza, eu sou teu vizinho e tb não vou com a tua! Ou sou amante do seu marido e quero te ver fora da jogada... Parece irreal qdo entra em nossas casas, não é? Mas é isso que estamos fazendo, exigindo ilegalidades e, pior, fazendo isso e posando de moralistas... Ah mas todo mundo é corrupto... Todo mundo, não, vc que exige o descumprimento da lei para atender a sua vingança é que é corrupto e mau caráter e, para isso, não precisa ser político. QQ um que exija o descumprimento da lei para atender a seus anseios é um corrupto e um canalha. Ah mas eu estava ameaçado... Pois denuncie a chantagem ou a ameaça, caso contrário, coloque-se no seu lugar, de bandido.
Por conta do apoio da máfia-midiática e da transmissão ao vivo, pela TV Justiça, a ilegalidade toma ares de justiça e os ministros valem-se disso para imprimir um tom de legalidade uma uma ilegalidade flagrante. A verdade é que TODOS eles sabem muito bem o que estão fazendo; estão afrontando o disposto na Constitição Federal e embromando em juridiquês, para que a população acredite que estão a tratar de algo muito complexo. É uma "Pegadinha do Mallandro" e a sociedade está embarcando como um bando de patinhos otários. O que os ministros estão fazendo é aceitar acusação sem provas, ou seja, romper com um princípio basilar do Direito ( é inacreditável que a gente tenha que explicar isso mas o pessoal acha que como são os ministros do STF que estão dizendo, então é pq não pode ser só isso,; a questão é que é só isso mesmo, por isso eles insistem tanto nesse ponto e nem para a sociedade que já caiu no conto do vigário e o constrangimento frente aos operadores do Direito que faz com que eles, embromem mais um pouco ). Já vimos esse filme em Honduras e no Paraguai e o nome disso é golpe.
Portanto, não se iludam, os ministros estão embromando para cassar, não os direitos de José Dirceu e outros mas o de nós todos. A partir da decisão deles, qq um de nós poderá ser condenado sem provas e TODOS eles sabem disso. O que eles estão fazendo é ludibriar a sociedade, fazendo, eles mesmos, o que acusam os políticos de fazerem. Quem vende gato por lebre, no Brasil, não é o Executivo e nem o Legislativo e, sim, Midiático e Judiciário.
A máfia-midiática colocou representantes de 80% da população no banco dos réus e quem ou qtos representam os julgadores ou a mídia? Que a sociedade brasileira não se iluda e venha chorar depois; é ela mesma que está sentada naquele banco pq é a " opinião pública", aos anseios populares que os golpistas sempre atribuem a responsabilidade sobre os golpes. Não assumem nada; vejam, a quem a mídia imputa o desejo de condenação? A quem a ministra Carmem Lucia dirigiu-se ao proferir seu voto? Eles não assumem o golpe, empurram pra gente e a gente assume e depois posa de arrependido, exigindo instalções de comissão de verdade; isso é ridículo. Somos nós que estamos exigindo, via mídia, a condenção de pessoas num Tribunal de Exceção e saaabemos o que estamos fazendo, não existe canalha inocente e nós estamos sendo muito mais canalhas do que qq bandido que ousamos apontar e, somos tão canalhas que fazemos isso contando com a chancela do poder midiático para futuros arrependimentos. O lugar de moralista é o inferno; como o capeta os rejeita, eles vem fazer passeata contra a corrupção e exigir ilegalidades contra desafetos.
Parabéns, Ministros Toffoli e Lewandoski, por cumprirem o papel para o qual foram designados, defender a Constituição Federal e a sociedade brasileira.
Aos demais ministros que, sequer, leram os autos, faço um apelo, PELO MENOS leiam o processo. V. Excias, não estão seguindo o relator pq nesse processo não há relator; a AP 470 foi " relatada" pelos colunistas da mídia velha; JB, apenas, melhorou a denúncia de péssima qualidade elaborada pela PGR. A ausência de movimentos da PGR no sentido de comprovar as acusações contra os réus, agora, explica-se, no voto do ministro relator, elaborado ANTES do recebimento das defesas. PGR e relatoria, apostaram todas as suas fichas no trabalho da Imprensa; todos fizeram a acusação e nenhuma defesa foi levada em consideração. Não fosse pela coragem do ÚNICO ministro que, leu os autos e, portanto, conhece o processo, Ricardo Lewandovski ( e nem era p/ ter lido, obrigado pela mídia a entregar logo os autos e assistindo a uma reunião de seus pares, incluindo o julgamento em pauta, sem o seu conhecimento ), o Brasil, jamais saberia que a maior beneficiária da tal farsa do mensalão foi a própria mídia. 
Ao ministro Toffoli, o agradecimento da sociedade, por deixar bem claro que o que estava em jogo, apesar da embormação dos outros nove, era a abolição da presunção da inocência. Sua reação face a aberração proferida pelo Ministro Fux, é a prova cabal de que ainda existem pessoas capazes de lutar por um país mais justo. O mais jovem da corte foi o que teve a coragem de enfrentar a máfia-midiática em nome de seu país.
Ricardo Lewandovski e Dias Toffoli, entram para a História como os magistrados que ousaram desafiar o crime organizado/máfia-midiática.
Os outros, é mais do mesmo; aquilo que a gente já conhece... Sâo pequenos demais para o tamanho dos réus que precisam julgar; invejam os réus, querem o seu lugar e, portanto, não julgam, se vingam. Acusam os réus de, supostamente, agirem na sombra, enquanto, refrescam-se na Cachoeira, escondidos sob as togas.
José Dirceu, José Genoíno, João Paulo Cunha, Delúbio Soares, Prof. Luizinho, haja o que houver, vcs tem os votos, vcs tem o apoio da sociedade, vcs são os nossos representantes e esse caras não são ninguém, são apenas indicações, o povo brasileiro não os reconhece como nada. Nós escolhemos vcs e vamos escolher qtas vezes forem necessárias. 40 anos depois, os mesmos grupos, devolvem vcs ao mesmo banco mas isso só foi possível pq 40 anos depois, o povo brasileiro colocou vcs de volta no mesmo lugar. Ou seja, vcs estão no lugar certo mas tem gente aí no lugar errado. Independente do resultado desse julgamento, vamos botar eles prá fora pq senão, daqui a 40 anos, estaremos assistindo tudo de novo.
Ministros Toffoli e Lewandovski, peçam vista e acabem com o circo!






Texto de 
Cristiana Castro

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido