Magazine do Xeque-Mate

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Não há mais dúvidas! Rede Globo fecha com o PSB! Ao menos na campanha presidencial

Xeque -Marcelo Bancalero

E ai...
Agora acredita que as peças já foram postas no tabuleiro do PIG?
Depois do programa do Jô neste último dia 11/11, vindo em socorro à Eduardo Campos numa semana que não foi nada fácil para o PSB...
Com pesquisas enchendo a bola de Marina como a única candidata que poderia tentar levar a eleição ao segundo turno. Num programa de igual modo ao que foi feito com Marina Silva, com 5 blocos de pura campanha eleitoral. Atacando PT e PSDB sempre que possível.

Assim a Rede Globo mostra a cara do seu candidato.
E entre a corrupção tucana e a inanição do PSB, abraçou a menos pior, ou a que não lembrasse suas próprias mazelas.
A batalha será dura se ao contrário do que eu acredito, Campos sair mesmo como titular da chapa, deverá levar surras memoráveis durante os debates.

Jô faz o que eu também já expliquei aqui, trabalha o imaginário popular, com o tema batido do mensalão, dizendo que acredita que talvez nem dê em nada, mas que só a condição de condenados, já  acaba com a vida politica de que  está envolvido.

Tudo isso, logo hoje, que Padilha estreou sua aparição na TV divulgando os projetos do PT, e mostrando-se como candidato em SP, e a dias do esperado  dia 13, onde a mídia espera ligar no imaginário popular, o dia 13 com as primeiras prisões do mensalão, onde esperam um petista.

E pra terminar a manipulação, após o famigerado programa, apresentam  filme Caixa 2...
Afinal, o campo já estava preparado para que  o telespectador liga-se os pontinhos e fosse dormir com a voz macabra da Globo sussurrando em meio aos seus sonhos...
O PT é corrupto... O PSDB é corrupto... Só o PSB com a Marina Campos (Ou o Eduardo Silva ), salva!
Leia mais;

PROGRAMA ELEITORAL DO JÔ E A PROPAGANDA ANTECIPADA DE EDUARDO CAMPOS


No período compreendido entre os dias 15/10 e ontem (11/11), o Programa do Jô entrevistou a ex-senadora Marina Campos e o governador de Pernambuco Eduardo Campos. Convenhamos, é uma "força' e tanto para que ambos possam apresentar sua PLATAFORMA ELEITORAL de forma antecipada e com evidente desproporção em relação aos possíveis outros candidatos. Curioso como o Programa do Jô, no que diz respeito aos assuntos da política, só abra espaço para a oposição, ainda que essa oposição, como no caso de Eduardo Campos, estivesse ao lado do governo até bem pouco tempo, e tenha se beneficiado de todo o apoio desse governo que agora critica, por longos ANOS.

Trecho da entrevista

Nesta segunda-feira, o apresentador Jô Soares entrevistou o governador de Pernambuco e possível candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, que comentou a aliança com Marina Silva. “Cada um do seu jeito, nós estávamos atrás do mesmo objetivo, que é melhorar o país”, disse.



O governador de Pernambuco declarou que ainda não foi discutido se Marina sairá como sua vice nas eleições presidenciais. “Nossa decisão é que vamos estar juntos. Antes de discutir a forma, nós temos que discutir o conteúdo. Nós vamos discutir a formação da chapa em 2014”, afirmou.

Segundo Eduardo Campos, o que mais o fascinou na Rede Sustentabilidade foi o fato de seus integrantes serem jovens. “A Rede vai nos ajudar e a gente também vai ajudá-los. Haverá uma troca”, explicou o governador.



COMENTÁRIO DE UM LEITOR INDIGNADO

2 Comentários - Fechar esta janela - Ir para formulário de comentário

1 – 2 de 2
 H.P. disse...

CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL?

PROPAGANDA ELEITORAL EXTEMPORÂNEA E ILEGAL - Eduardo Campos + Jô Soares hoje.

Será que ainda não nos livramos da tristíssima "era" Gurgel/Cureau?

PROGRAMA DO JÔ (*) entrevista Eduardo Campos. Um dos mais longos(duração) programas já feitos pelo cidadão. 

Opera-se, nessas "entrevistas" de candidatos de oposição (sempre igual), VERDADEIRO MILAGRE. Como o mundo e seu raimundo sabem, esse cidadão Jô NÃO DEIXA NINGUÉM FALAR. É histórico isso. Ele (Jô - FAT BOY), com seu ego que o engole, sempre foi o "entrevistado" o "entrevistador" e a "platéia", tudo ao mesmo tempo. Só que, quando se trata de destruir(**) este governo, e o PT, através essas "supostas" entrevistas, ele se comporta totalmente diferente. Não interrompe, não fala junto, não atrapalha, não questiona e deixa a oposição deitar e rolar sem interferência alguma por parte dele.

As "Organizações Globo" que é um ENTULHO DA DITADURA, são assim, sempre "democrática". Mas até quando irá acontecer isso? Essas investidas contra as leis vigentes? Até quando?

CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL?

(*) A obesidade desse cidadão, é um PÉSSIMO EXEMPLO para as crianças e adolescentes, que precisam de muito esporte e saúde.

(**) destruir o PT: Em uma das poucas intervenções, desse cidadão Jô (fat boy), na fala do Campos, vociferou:
"..... é verdade, quando Marina Silva percebeu o rumo que o PT estava tomando, resolveu pular fora...".

Até quando ninguém fará nada contra essas ilegalidades das Organizações Globo?

Esse ENTULHO DITATORIAL GLOBO é um MAR DE ILEGALIDADES(cadê o DARF?).

12 de novembro de 2013 03:29

http://007bondeblog.blogspot.com.br/2013/11/programa-eleitoral-do-jo-e-propaganda.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+blogspot%2FNIKX+%28007BONDeblog%29


Eduardo Campos trai Marina ou Marina trai a Rede?

Depois de trair Lula e Dilma, o governador Eduardo Campos (PSB-PE) já trai também Marina Silva, ao promover em São Paulo um jantar com industriais de pesticidas e latifundiários, para dizer que Marina Silva não apita nada dentro do PSB na questão ambiental que possa causar mal-estar com estes setores do agronegócio.

O encontro seria para apaziguar os ânimos, depois de Marina expulsar o deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) da base de apoio de Campos.

A traição seria só de Campos, não fosse o silêncio de Marina.

Ao aceitar esse jogo duplo de Campos calada, Marina trai os próprios "sonháticos" da Rede Sustentabilidade, que até agora levam a sério o discurso dela. Afinal, se a tal aliança dela com o PSB fosse programática, como ela diz, Campos não poderia atropelá-la em uma reunião destas sobre um assunto que é essencial no programa da Rede Sustentabilidade, pelo menos na teoria.

Assim, fica cada vez mais visível que os discursos ambientalistas passam a ser apenas instrumento demagógico de propaganda política, sem efeito na real política. E a aliança de Marina é mais pragmática, por ambição de poder à qualquer custo, do que programática em torno de causas.

http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2013/11/campos-trai-marina-ou-marina-trai-rede.html


License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido