Magazine do Xeque-Mate

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Deus poupou Sodoma enquanto havia um inocente por lá... E você, aceita um inocente ser condenado para saciar sua sede de justiça?

Xeque - Marcelo Bancalero

Essa era só para aproveitar o gancho do artigo do Megacidadania...
Mas não dá pra deixar de falar...

O Brasil quer o fim da corrupção...
Fato!

Só o que não é fato, é esperar isso de quem quer agradar a opinião pública com finalidade de se promover, e não tem escrúpulos... 
Sabe que tem erro, mas o que importa né... A mídia dando cobertura, eles sairão como heróis!

Uma vez, um homem de nome Abraão foi avisado por Deus, que  Sodoma seria destruída. Como Ló seu sobrinho estava naquele lugar... Intercedeu a Deus...

Gênesis 18

23 Abraão aproxi­mou-se dele e disse: "Exterminarás o justo com o ímpio?
24 E se hou­ver cinquenta justos na cidade? Ainda a destrui­rás e não pouparás­ o lugar por amor aos cin­quenta justos que nele estão?
25 Lon­ge de ti fazer tal coisa: matar o justo com o ímpio, tratando o justo e o ímpio da mesma maneira. Longe de ti! Não agirá com justiça o Juiz de toda a terra?"
26 Respondeu o Senhor: "Se eu encontrar cinquenta justos em Sodoma, pouparei a cidade toda por amor a eles".
27 Mas Abraão tornou a falar: "Sei que já fui muito ousado a ponto de falar ao Senhor, eu que não passo de pó e cinza.
28 Ainda assim per­gunto: E se faltarem cinco para completar os cinquenta justos? Destruirás a cidade por causa dos cinco?" Disse ele: "Se encontrar ali quarenta e cinco, não a destruirei".
29 "E se encontrares apenas quarenta?", insistiu Abraão. Ele respondeu: "Por amor aos quarenta não a destruirei".
30 Então continuou ele: "Não te ires, Se­nhor, mas permite-me falar. E se apenas trinta forem encontra­dos ali?" Ele respondeu: "Se encontrar trinta, não a destruirei".
31 Prosseguiu Abraão: "Agora que já fui tão ousado falando ao Senhor, pergunto: E se apenas vinte forem encontrados ali?" Ele respondeu: "Por amor aos vinte não a destruirei".
32 Então Abraão disse ainda: "Não te ires, Senhor, mas permite-me falar só mais uma vez. E se apenas dez forem encontrados?" Ele respondeu: "Por amor aos dez não a destruirei".
33 Tendo acabado de falar com Abraão, o Senhor partiu, e Abraão voltou para casa.

Assim, até que Ló e seus familiares tivessem saído daquele lugar, Deus não enviou a destruição.

Então, eu pergunto a você...
Você jovem, você homem ou mulher, seja lá qual for suas concepções politicas ou sua filosofia de vida.
Deixando de lado os pensamentos mecânicos produzidos pelo que você lê, ouve ou assiste...
Sem falar no rótulo "mensalão"...
Eu pergunto a você brasileiro que lê esse artigo...

Se você soubesse que existe a possibilidade de ao menos um inocente ter a sua vida e de seus familiares destruídas, por que ele é necessário para condenar outros e satisfazer a sede de justiça do brasileiro...
Se você soubesse disso...
Concordaria?

Pois é...
Eu não tive a oportunidade de ler todos os documentos dos demais réus...
Por ser petista, acredito sempre até que se prove o contrário, em cada um dos meus comp@s...

Mas um deles...
Henrique Pizzolato eu tenho toda a documentação...
Li, uma a uma... Mesmo sem ter uma boa compreensão da linguagem jurídica...
E o fato é que ele é inocente!
E mesmo com minhas limitações eu pude ver isso...

E não sou só eu...
Não sou uma voz solitária nessa questão!

Jornalistas renomados como Paulo Moreira Leite, Paulo Henrique Amorim, Janio de Freitas , Maria Helena Nassif, Luis Nassif, Luis Carlos Azenha, Miguel do Rosário, Raimundo Pereira, entre muitos outros concordam comigo!

Além deles existem juristas, juízes, magistrados, basta buscar na internet e verá centenas de artigos citando estas personalidades falando dos erros que condenaram um inocente!

Lewandowski percebeu que cometeu um erro, e sei que tentará rever seu voto, se o supremo Joaquim deixar...
Os ministros sabem disso que falo aqui...
Que Henrique Pizzolato é inocente!
Porém, existe um problema...
Um sério problema!
Sem Henrique Pizzolato não tem mensalão!
Pois a sua inocência apesar de ter muitos pontos fortes, tem base maior na inexistência de um desvio de dinheiro público...
Ai ferrou né...
O bolo do Joaquim Barbosa fica sem recheio!

Então fica decidido...
Que importa a inocência de Pizzolato?
O que importa é satisfazer a ânsia da população por "justiça"...
Mesmo que se tenha que cometer uma injustiça para isso!
O fim justifica os meios?
O que você acha disso?

Vale à pena uma justiça assim?

E se o que eu falo aqui for provado só depois do mau feito?
A sua consciência ficará em paz, sabendo que foi para lhe satisfazer que isso aconteceu?
Preste atenção num detalhe...
A mídia, esconde Pizzolato...
Você não houve mais falar, a não ser se buscar na internet.
Exatamente por esse motivo...
Joaquim Barbosa tem medo, eles sabem que se a população souber que um inocente está sendo usado por causa de um jogo politico, fantasiado de "justiça", para enganar os brasileiros...
O próprio povo vai exigir explicações...
E eles não as tem!

Depois de começar a defender Henrique Pizzolato, quando tive acesso aos documentos que provavam que ele era inocente, eu acabei o conhecendo pessoalmente, ele e sua família.
Juntei a certeza que os documentos me garantiam de sua inocência, com uma outra certeza... Esta, só é possível, numa caminhada pela calçada, uma conversa descompromissada, ouvindo a história do próprio Pizzolato e vendo em seus olhos, que  os documentos estavam certos...
Henrique Pizzolato é inocente!

E então...
O que você vai fazer com esse artigo?
Compartilhar seria o mínimo, se você realmente quer justiça!

Para entender melhor, e ter acesso a documentos que provam o que eu disse leia o Blog Megacidadania
Aqui você pode ver as revistas Retrato do Brasil que mostram muitas verdades...
E assista ao vídeo e leia o artigo STF cometeu ERROS... Erros judiciais sempre são trágicos!
Obrigado!




STF COMETEU ERROS. ERROS JUDICIAIS SEMPRE SÃO TRÁGICOS

01STF COMETEU ERROS. ERROS JUDICIAIS SEMPRE SÃO TRÁGICOS Henrique Pizzolato foi condenado pelo STF por ter desviado 73,8 milhões de reais do Banco do Brasil, mas o Banco afirma que não houve nenhum desvio. O dinheiro não era público, pois pertencia à multinacional Visanet-Cielo, empresa privada. A Visanet-Cielo, dona dos recursos, comprovou que o dinheiro foi todo utilizado em eventos de divulgação da marca Visa: não houve nenhum desvio. Os ERROS para condenar Pizzolato, serviram de fundamento para condenar todos. As provas e documentos estão nos autos do processo da AP 470. PIZZOLATO É INOCENTE!02030405

http://www.megacidadania.com.br/stf-cometeu-erros-erros-judiciais-sempre-sao-tragicos/
















License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido