Magazine do Xeque-Mate

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Sugestão para a nova capa da revista The Economist

Xeque - Marcelo Bancalero

O PIG ( Partido da Imprensa Golpista) cuja mãe é Globo, preparou-se para enfrentar o inevitável...
E com a certeza que o tal do mensalão não daria ganhos aos golpistas, e as manipulações de tomates e manifestações não atrapalhariam a evolução natural de Dilma e do PT, tentou ontem diminuir o impacto da pesquisa que mostrava Dilma distanciando-se dos seus prováveis oponentes, e ainda a baixa do nível de desemprego, com noticias mais focadas na capa da The Economist.
E comentários distorcidos dizendo que a revista dizia que o erro fi da Dilma, mas que o Brasil pode sim continuar a crescer desde que mude as coisas nas eleições de 2014, numa clara tentativa de manipular  a opinião pública.


Oras, sabemos o que aconteceu não é mesmo?

Se estes irresponsáveis transvestidos de jornalistas, não tivessem  se esforçado para tentar abater a presidente Dilma e o PT, o Brasil que decolou, estaria em pleno curso rumo ao crescimento...

Mas como eles não tem um candidato para derrubar o PT, com a oposição mal das pernas com o propinoduto, privatarias e mensalão de MG às portas, bater no PSDB será o mesmo que bater em cachorro morto... Marina, que nem partido tem, é empurrar bêbado na ladeira... Eduardo Campos é café com leite, e o Coiso, ah o Coiso é Coiso né gente, dispensa comentários... Sobra o Joaquim Barbosa que deixando o poder lhe subir à cabeça, já não é um candidato desejável...

Adicionando o comentário de Inez Santos;
"Quero crer que a obrigação dos brasileiros deveria ser: desejar que o Brasil decolasse, para impedir que os poderosos que trabalham para impedir o nosso desenvolvimento não conseguissem seu objetivo! O mundo inteiro nos inveja por ter se mantido em pé na crise mundial. Embora alguns nos respeitem e admirem lá fora, existem os que nos odeiam porque somos pobres em relação a eles, e poderemos desestruturar a imagem de inútil, que eles quererem dar ao mundo sobre nós com a intenção maior de se apossar das nossas riquezas e espaço privilegiado em relação a muitos países já destruídos territorialmente que existem o mundo!!"

Pois bem...
Assim, fica na imagem da charge a sugestão para nova capa da revista The Economist.


IBOPE: MARINA DESABA E DILMA ABRE 22 PONTOS

No cenário que tem Aécio Neves como candidato do PSDB, Dilma cresceu de 30% para 38% nos dois últimos meses; ao mesmo tempo, Marina caiu de 22% para 16%. Aécio oscilou de 13% para 11%, enquanto Eduardo Campos (PSB) foi de 5% para 4%; no cenário com Serra (12%), mudanças são pequenas; Dilma tem mais intenções de voto do que soma de adversários, o que pode lhe dar vitória em primeiro turno

26 DE SETEMBRO DE 2013 ÀS 19:27
247 – Pesquisa Ibope/Estadão divulgada na noite desta quinta-feira (26) mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) abriu 22 pontos sobre a segunda colocada, Marina Silva (sem partido), na corrida presidencial. Em julho, a diferença entre elas era de apenas oito pontos, após queda vertiginosa da petista, em decorrência dos protestos que aconteceram em todo o país no mês anterior.A partir de então, a presidente cresceu em ambos os cenários de primeiro turno estimulados pelo Ibope, enquanto Marina perdeu seis pontos, se distanciando de Dilma e ficando mais ameaçada pelos outros candidatos.
No cenário que tem Aécio Neves (o mais provável) como candidato do PSDB, Dilma cresceu de 30% para 38% nos dois últimos meses. Ao mesmo tempo, Marina caiu de 22% para 16%. O tucano oscilou de 13% para 11%, enquanto Eduardo Campos (PSB) foi de 5% para 4%. A taxa de eleitores sem candidato continua alta: 31% (dos quais, 15% dizem que votarão em branco ou anularão, e 16% não sabem responder).
O cenário com José Serra como candidato do PSDB não tem diferenças relevantes: Dilma tem 37%, contra 16% de Marina, 12% de Serra e 4% de Campos. Nessa hipótese, 30% não têm candidato: 14% de branco e nulo, e 16% de não sabe. Não há cenário idêntico a esse em pesquisa anterior do Ibope para comparar.
VITÓRIA EM PRIMEIRO TURNO
Nos dois cenários, Dilma tem intenção de voto superior à soma de seus três adversários: 37% contra 32% (cenário Serra) e 38% contra 31% (cenário Aécio). Isso indica chance de vitória no primeiro turno. No entanto, destaca o Estadão, "convém lembrar que praticamente 1 em cada 3 eleitores não tem candidato e ainda falta um ano para a eleição".
SEGUNDO TURNO
Dilma se distanciou de Marina também na disputa pelo segundo turno. A petista venceria a rival por 43% a 26%, se a eleição fosse hoje. Em julho, logo depois dos protestos em massa que tomaram as ruas das metrópoles, Dilma e Marina estavam tecnicamente empatadas: 35% a 34%, respectivamente.
Segundo as simulações do Ibope, tanto faz se o candidato do PSDB for Aécio ou Serra. Se a eleição fosse hoje, a presidente venceria ambos por 45% a 21% num segundo turno. Contra Eduardo Campos, a vitória seria mais fácil: 46% a 14%.
O Ibope fez a pesquisa entre os dias 12 e 16 de setembro, em todas as regiões o Brasil. Foram entrevistados 2.002 eleitores, face a face. A margem de erro máxima é de 2 pontos porcentuais, para mais ou para menos, num intervalo de confiança de 95%.

Não esqueça!
Para termos um PT forte 
No PED 2013

Vote na chapa do Rui Falcão...  
Precisamos ter um PT que continue governando para todos.
Se eu sou Rui Falcao eu voto na chapa Nacional 
#Sou250 #SouRui180 #PED2013
Na PED 2013 o voto certo é 250
Curta e compartilhe nossa página https://www.facebook.com/Somos250





License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido