Magazine do Xeque-Mate

domingo, 24 de junho de 2012

8 , 12 e agora 18 partidos - Este é o tamanho do grupo político que fará Votorantim Avançar ainda mais!

Xeque - Marcelo Bancalero


 8 partidos se uniram em torno da primeira eleição com Jair Cassola
A aprovação de seu primeiro mandato foi tão  boa que  mais 4  partidos se uniram ao grupo que  estava fazendo nossa  Votorantim  avançar em questões que por anos  foram deixadas de lado.
Agora, com a aprovação dos  4 anos do prefeito Carlos Augusto Pivetta, foi inevitável que o grupo  crescesse ainda mais. Assim, mais 6 partidos se uniram entendo que este não é um projeto de um partido, mas um projeto de todos em prol a um objetivo  principal, o desenvolvimento  social de nossa cidade. O grupo  mesmo  trata de cobrar e muito o prefeito Pivetta, que  tendo na sua administração tantos partidos,  está melhor municiado para ter uma visão mais clara das necessidades de cada bairro da cidade e assim, pode fazer o melhor  para a população.
Parabéns prefeito Carlos Augusto Pivetta e marcos Mancio


Veja no vídeo  algumas fotos e  a palavra doprefeito  Pivetta sobre a convenção






Convenção oficializa Pivetta para a reeleição em Votorantim

Rubens Maximiano
O  Partido dos Trabalhadores de Votorantim precisou alugar um salão de festas, neste sábado, para realizar a convenção que indicou o nome do vereador Carlos Augusto Pivetta à reeleição  e de 132 candidatos à Câmara de Vereadores. O clima de festa, com a presença de 18 partidos, que formam a coligação em torno de Pivetta e algumas centenas de simpatizantes, serviu também para reafirmar o nome de Marcos Mâncio, como candidato a vice-prefeito.

Pivetta adiantou que Mâncio é, sim, possível candidato a prefeito em 2016. “Bem, nós estamos num processo eleitoral, onde eu fui vice do ex-prefeito Jair Cassola, já nos apontando como candidato a prefeito naturalmente. Da mesma forma, esse grupo político está trabalhando essas questões. O Marcos é uma grande liderança, é um jovem, tem mais quatro anos para se preparar, para construir uma aliança em torno do seu, com todas as condições também. Nós estamos dentro desse processo. Tanto Marcos quanto eu, somos pessoas de grupos políticos e esse é espírito que tem predominado nessa coligação, desde 1999, quando forçar opostas, eu era candidato a prefeito e Jair Cassola, idem, entendemos que deveríamos construir um grande processo de desenvolvimento para nossa cidade. Por isso, que não tem vaidade pessoal, por isso que as pessoas, independente do seu tamanho da sua liderança, tem se colocado a serviço desse grupo e a cidade tem ganho com isso. E é com esse tamanho, com essa proposta, com essa vontade que nós vamos nos colocar diante do eleitorado”.

O candidato petista disse que, por se tratar de um projeto coletivo, não é difícil equacionar as negociações entres os aliados. “Na realidade, nós temos feito isso desde 2000. Porque na primeira eleição tivemos oito partidos, depois com 12, agora 18. São pessoas que estão em torno de um projeto político. Não se trata de um projeto pessoal ou partidária. São projetos políticos para cidade, com plano de governo bem definido. Nós temos uma linha, dentro dessa linha que as pessoas estão se unindo. Então, não tem tido problema de conviver nem ter solucionar conflitos de interesses. Os interesse aqui são únicos e isso tem facilitado nosso trabalho”.

Pivetta tem apoio do  PC do B, PSDC. PSC, PDT do ex-prefeito Jair Cassola, ao PV, PRB, PRTB, PP, PR, PHS, PPS, PRP, PSB, PSD, PTN e PT do B. 


License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido