Magazine do Xeque-Mate

sábado, 5 de novembro de 2016

Apresentadora e coronel 'linha dura' discutem ao vivo na televisão







Apresentadora e coronel 'linha dura' discutem ao vivo na televisão

Para Lopes, alunos 'só ocupam escolas e são preguiçosos'. Isabele Benito rebateu: 'Absurdo maior é ter educação de lixo'

O DIA
Rio - A apresentadora Isabele Benito e o coronel da PM Paulo César Lopes, conhecido como "linha dura", protagonizaram uma discussão ao vivo durante o programa SBT Rio, na última quarta-feira. O debate começou quando ele criticou a ocupação dos estudantes nos colégios, a greve nas escolas estaduais e a manifestação dos professores. Nas redes sociais, o vídeo já teve mais de 680 mil visualizações e nove mil compartilhamentos.

Em relação aos protestos dos profissionais da Educação, Lopes disse que "a bagunça é total". "Ontem [última terça-feira], a cidade ficou paralisada, também pelos bombeiros. Alunos que ocupam escolas...", e foi interrompido pela apresentadora, que logo reforçou: "tem que ocupar!"

Apresentadora e coronel discutiram em programa ao vivo na televisão, na última quarta-feira
Foto: Reprodução SBT Rio
Depois, o coronel afirmou que "se fosse comandante da Polícia Militar, não ficaria um colégio ocupado". "O poder de polícia é discricionário, permite a autoridade escolher, entre as opções, a mais adequada de acordo com o interesse público. É autoexecutório. Na posse de eventual recalcitrância, nós vamos reprimir", destacou o "linha dura".
Ele ainda ressaltou que "escola é lugar de aluno estudar e professor da aula, e não de ficar fazendo manifestação". "É um absurdo", afirmou o coronel. A apresentadora se irritou e rebateu: "Que lindo, que lindo. Absurdo maior é você ter uma educação de lixo, com professor ganhando merreca, com aluno que não tem futuro, que não consegue passar em nenhuma universidade".
Para Lopes, eles não têm chances nas universidades porque "ficam ocupando escola, não querem estudar e são preguiçosos". "Os professores são condescendentes, não dão aula. Você passa em frente ao colégio e é uma gritaria, não tem disciplina nenhuma", acrescentou.

Isabele voltou a dizer que não concordava com o coronel e afirmou ainda que ele "estudou numa época em que existia educação de qualidade". Depois, ela questionou: "o senhor tem filhos? Estudante de escola particular ou pública". Quando Lopes contou que o filho estudava em escola particular, a apresentadora disse rindo: "é claro, o senhor não vai colocar seu filho em uma escola pública porque a educação é um lixo", ironizou.

O coronel explicou que a "republiqueta" — fazendo uma referência à Constituição de 1988, criada após a ditadura militar — tinha o objetivo de tirar o conhecimento da população, porque a maioria tinha "ideologia marxista. Ideologia do fracasso". Enquanto isso, a apresentadora rebatia dizendo que a "educação é um lixo".

"Na prática é o seguinte: a escola pública que eu estudei não existe mais. Escola pública não tem professor bem pago, não tem educação de qualidade. O prefeito, presidente, seja o que for, leva com a barriga a história da educação. E tem, sim, que lutar pela educação de qualidade. Parabéns para vocês que estão arregaçando as mangas, que não tem medo. Vai, faz protesto, mostra para gente, que consegue colocar filho na escola particular, merece a mesma educação que o meu", destacou Isabele.



http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2016-06-17/apresentadora-e-coronel-linha-dura-discutem-ao-vivo-na-televisao.html

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido