Magazine do Xeque-Mate

sábado, 7 de dezembro de 2013

Inédito! Helipóptero e a fazenda que Globo nega saber que é dos Perrella...

Se o advogado do Piloto já denunciou que a fazenda é dos Perrella e que foi pago um preço 5 vezes maior do que ela vale...
Por que a Globo nega?
Veja o vídeo da falado do advogado Play List sobre os Perrella https://www.youtube.com/playlist?list=PLH-dNwzOGeCEZWR9nGaUTmIWUYQpEKjRs




Leia.

Polícia Federal do ES volta à região de pouso do helicóptero de Perrella

Agentes federais fizeram vistoria em Afonso Cláudio, nesta sexta-feira (6).
Aeronave foi flagrada com 445 kg de cocaína em fazenda capixaba.

André Falcão e Mariana PerimDo G1 ES e da TV Gazeta 
Agentes da Polícia Federal fizeram uma vistoria, nesta sexta-feira (6), na região em que quatro pessoas foram presas ao descarregar 445 quilos de pasta base de cocaína de um helicóptero pertencente a uma empresa da família do senador mineiro Zezé Perrella (PDT). Os policiais visitaram o local de pouso da aeronave, na cidade de Afonso Cláudio, na região Serrana doEspírito Santo, e também uma fazenda próxima, que de acordo com o auto de prisão em flagrante, teria sido comprada por R$ 500 mil para receber a droga.
Os quatro homens, dois tripulantes do helicóptero e dois que aguardavam em terra, foram presos no dia 24 de novembro. No momento da chegada da polícia, a droga havia sido descarregada da aeronave da família Perrella e estava pronta para ser despachada. A droga, segundo a PF, vinha do interior de São Paulo. O senador Zezé Perrella negou que ele ou o filho, o deputado estadual Gustavo Perrella (SDD-MG), tenham envolvimento com o crime. 
Para a Polícia Federal, os quatro homens presos fazem parte de uma quadrilha especializada em tráfico internacional de entorpecentes. Ainda segundo a PF, o contato do grupo na região em que a droga seria descarregada era o jardineiro Everaldo Lopes Souza, um dos quatro presos. O jardineiro aguardava, com outra pessoa, o pouso do helicóptero.
O pai de Everaldo, o aposentado Antônio de Souza, acredita que o filho não tinha conhecimento do transporte da droga. "Eu acredito que ele não sabia do que se tratava aquilo. Um colega dele avisou que estava indo de carro para um sítio e o chamou para ir ajudar a descarregar um material. Quando ele chegou naquela situação, a polícia já estava lá. Não é porque sou pai, mas acredito que ele caiu ali de gaiato", disse.
No auto de prisão em flagrante, consta que o responsável pela organização da transação ilegal, que esperava a aeronave com Everaldo, assumiu fazer parte de uma quadrilha chefiada por um homem, residente na cidade de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. Ainda segundo o documento de remessa dos autos da Justiça Estadual para a Federal, o município integra uma área de fronteira com o Paraguai, pela cidade de Pedro Juan Caballero, constante rota do tráfico internacional de drogas.
http://www.youtube.com/watch?v=aQpAz_cRo50&feature=youtu.be

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido