Magazine do Xeque-Mate

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Não Chore Brasil! O PT aceitou a cicatriz e entregou seus mártires aos leões jurídico-midiáticos para o maior projeto social já feito neste país não parar!

Xeque - Marcelo Bancalero

Enquanto me restam forças,  continuarei fazendo o que aprendi com Lula... Continuarei a "teimar"!
Teimando em mostrar as verdades que a mídia esconde da população!

Alguém duvida  do grande espetáculo jurídico-midiático que está sendo preparado para o dia das prisões dos petistas no tal do mensalão, com direito a efeitos especiais que deverão causar inveja no próprio Steven Spielberg?

Claro que o PT, apesar das cicatrizes inevitáveis que ficarão marcadas em sua história, irá reverter  todo esse mal nas urnas em 2014...

Como a Folha publicou nesta madrugada, o Planalto ensaia usar mensalão tucano e outras corrupções do PSDB para blindar Dilma em 2014.

Este é o preço que pagaremos para impedir que golpistas, (bandidos na verdade), tomem o país à força (jurídico-midiática), e levem-no ao retrocesso.

O PT escolheu pagar este preço, permitindo essa cicatriz em sua história, ao invés de unir-se em torno da defesa dos réus da AP 470, e defender incondicionalmente os heróis que ajudaram a construir este partido e esta nação.
Ao fazer isso, anulou em parte, os ataques midiáticos e oposicionistas, deixando que apenas parte da militância fizesse a defesa de nossos companheiros, mas sem que os principais líderes, Lula e Dilma falassem à respeito.

Uma escolha difícil eu creio principalmente para Lula, que teve de escolher entre defender nossos companheiros, ou defender a continuidade do maior projeto social já feito por um país.
Podemos ver isso, no episódio da morte de Luiz Gushiken, quando nosso eterno presidente emocionou-se ao lembrar das injustiças que agravaram a saúde de nosso amado companheiro. Lula mesmo disse que foi um linchamento este julgamento político.

O Brasil está à salvo então...
Essa ferida que deixa uma cicatriz na história do PT, que foi mortal a Gushiken, e por enquanto danosa a Dirceu, Genoíno, João Paulo Cunha, Henrique Pizzolato e Delúbio Soares... Não fará mais danos ao Brasil, por que verdadeiros heróis, mártires foram entregues aos leões oposicionista-jurídico-midiáticos!

Tudo bem então...
Vamos sair dessa sem permitir que o Brasil sofra as consequências de atitudes irresponsáveis de uma oposição que quer o poder pelo poder, uma mídia golpista, e um STF que se acovardou e destruiu nosso Estado Democrático de Direito...

Agora, estes mesmos bandidos, querem ainda um espetáculo maior...
Não basta uma foto de cada um sendo preso em sua cidade...
Querem que Joaquim Barbosa exija que todos sejam levados à Brasília, para uma foto conjunta de todos...
Para criar ainda, mais esta simbologia midiática, depois da prisão aceita covardemente no dia 13 pelos covardes supremos do STF para ser usada nos ataques ao PT.

Eu não duvido que  Joaquim Barbosa espere que se resolva antes de decretar a prisão, a questão dos segundos embargos de João Paulo Cunha, para ter todos os petistas na tal "fotinha"!

O eco de nosso grito #PresosPoliticosNuncaMais continuará ressoando até que seja ouvido por toda a população...
E todos saibam que o tal do mensalão não passou de  um MENTIRÃO pra destruir o partido que mais fez pelo Brasil e esconder a verdadeira corrupção!

Leia mais;


Com prisão de petistas, Planalto ensaia usar mensalão tucano para blindar Dilma em 2014


O grupo político do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff já ensaia o discurso para se defender de eventuais ataques na campanha eleitoral por causa da prisão de petistas envolvidos no escândalo do mensalão.
VALDO CRUZ
DE BRASÍLIA 
A estratégia será dizer que, enquanto os petistas foram presos, condenados por ministros do STF indicados por Lula e Dilma, tucanos envolvidos em escândalos semelhantes, como o mensalão mineiro, nem foram julgados.
Segundo um assessor, a ideia é mostrar que "os nossos companheiros pagam por eventuais erros cometidos" e não foram poupados por ministros do Supremo indicados nos governos do PT.
Já políticos e assessores do PSDB ainda estão impunes ou conseguem escapar de processos, referência às acusações de pagamento de propina em contratos de obras do metrô nos governos dos tucanos em São Paulo.
O PT vai insistir ainda que a punição imposta a seus companheiros foi exagerada e, em alguns casos, injusta, porque o partido admite apenas crime de caixa dois e não de pagamento de um mensalão em troca de apoio no Congresso Nacional.



License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido