Free Website DirectoryMiriBlack Web Directory Xeque-Mate- Notícias

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Itaú, Andrade Gutierrez, CityBank, Natura, Malafaia.... o que mais está por trás de Marina ?


Publicação by Compartilhe13.



Itaú, Andrade Gutierrez, CityBank, Natura, Malafaia.... o que mais está por trás de Marina ?

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/09/1517403-ninguem-governa-sem-o-pmdb-diz-vice-de-marina-silva.shtml
 

‪#‎GloboBoicotaPadilha‬ Tuittaço contra a tentativa de CENSURA prévia da Rede Globo contra Padilha. Hoje 17 de setembro - 13 horas.

Xeque - Marcelo Bancalero

É muita sacanagem mesmo essa globosta!
Depois dizem que acreditamos em teoria da conspiração... Que petista é paranoico...
Na verdade, basta ver as entrevistas   que candidatos do PT dão  à essa "emissorazinha", e perceber que o entrevistador monopoliza o tempo, para impedir que o mesmo tenha exposição...

Tá na hora de acordar Sampa!!!!
Vem pro twitaço! 
#VemPadilharComigo

‪#‎GloboCensura‬ ‪#‎Padilha13sptv‬ ‪#‎GloboBoicotaPadilha‬ Tuittaço contra a tentativa de CENSURA prévia da Rede Globo contra Padilha. Hoje 17 de setembro - 13 horas.
Que os meios de comunicação atuam como partido, todos já sabemos, mas o a última da Rede Globo de querer ter função e autoridade que só o Tribunal Regional Eleitoral pode ter é novidade.
A Rede Globo de Televisão se recusou a exibir o programa do candidato do Governo de São Paulo, Alexandre Padilha, no horário eleitoral gratuito da segunda-feira (15).
A emissora dos irmãos Marinho alegava que o tema escolhido (bilhete BOM) estava vetado pela Justiça Eleitoral, por força de uma liminar que deu à campanha de Geraldo Alckmin direito de resposta
By Ricardo Merez e Página Somos Padilha


terça-feira, 16 de setembro de 2014

'País tem a maior queda de desigualdade nos últimos dez anos' - E agora PIG?

Xeque -Marcelo Bancalero

Um dos mais respeitados estudiosos do tema da pobreza no Brasil, o ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), Marcelo Neri, revela que a desigualdade no país voltou a diminuir, apesar do baixo crescimento e dá um nó na cabeça dos urubólogos do PIG.
E Mantega reafirma papel social do BC e retomada do crescimento como noticiou o Correio do Brasil ( http://goo.gl/4J2CFC). 
Fica difícil para Marina e Aécio sustentarem suas mentiras contra Dilma. O povo que tem sido favorecido com isso, é justamente aqueles que vão reeleger Dilma, pois ao contrário do que desejam, o brasileiro legítimo, deste Brasil com (s), não é um povo ingrato! E graças aos próprios programas  criados pelos governos do PT, hoje falamos de um povo muito mais politizado e difícil de se manipular com falácias. Mesmo o povo de São Paulo, que deu uma prova disso elegendo Haddad, pode levar os institutos de pesquisas ao colapso, com uma virada de Padilha ( http://goo.gl/vrkuE3igual a do companheiro, nos próximos dias.
Leia na íntegra;

'País tem a maior queda de desigualdade nos últimos dez anos', diz Neri

Ministro-Chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos afirma que número voltou a diminuir, apesar do baixo crescimento.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Em defesa do Pré-Sal -Estudantes, sindicatos e entidades querem garantir que não haja retrocesso no setor estratégico

Xeque - Marcelo Bancalero

Nada melhor do que uma manifestação por parte de quem mais interessa...
O crime que querem cometer contra o Pré-Sal, é um dos golpes mais baixos e sujos já dado por quem quer apenas o poder pelo poder! A tentativa de destruir a reputação da Petrobras, para desvalorizar suas ações e depois vendê-la mais barato aos EUA é um ato anti-patriota , anti-democrático e visível demais para acharem que os brasileiros cairão nessa.
Por isso, que venham aqueles que tem o maior interesse nos investimentos que deixaram de ser feitos, caso Dilma perca as eleições.
Leia na íntegra;


Estudantes, sindicatos e entidades querem garantir que não haja retrocesso no setor estratégico
A União Nacional dos Estudantes e entidades estudantis, petroleiros, centrais sindicais, e movimentos sociais, vão realizar um grande ato em defesa do pré-sal, da Petrobras e do Brasil, na próxima segunda-feira (15/09), às 10h, na Cinelândia, no Rio de Janeiro.
O ato está sendo construído pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) em conjunto com a CUT, CTB, UGT, MAB, MST, UNE, UBES, UEE, FETEERJ, UEE MPA E CNM, FAMERJ, FAFERJ, entre outros movimentos sociais. O objetivo do ato é alertar a sociedade para os riscos que sofre o projeto de desenvolvimento em curso no país, em função dos ataques contra o pré-sal e a Petrobras. Para a presidenta da UNE as riquezas do petróleo são dos estudantes brasileiros e não podem virar alvo de disputa eleitoral. “O movimento estudantil conquistou com muita luta essa vitória [que garante 75% dos royalties do petróleo e 50% do Fundo Social do Pré-Sal para educação] que nos fará avançar no desenvolvimento de um país mais soberano. O Pré-Sal deve ser prioridade nos próximos anos até mesmo para garantir as metas do Plano Nacional de Educação de 10% do PIB para a educação”, afirmou.
A conquista foi comparada pela UNE a campanha do “Petróleo é Nosso!”, também encabeçada pelos estudantes na década de 1950 em defesa do patrimônio nacional.
Em apenas oito anos, o pré-sal já produz mais de meio milhão de barris de petróleo por dia, gerando uma riqueza que será aplicada em educação e na saúde pública. Nos próximos 35 anos, isso significará R$ 1,3 trilhão em royalties que se destinarão à saúde e à educação dos brasileiros. Isso equivale a mais de dez vezes o atual orçamento do governo federal para essas áreas.
“Tudo isso só está sendo possível em função dos investimentos e da competência da Petrobrás. Nos últimos 12 anos, os governos Lula e Dilma fortaleceram a estatal para que ela cumprisse o seu papel de empresa pública, gerando empregos e renda para milhares de brasileiros”, ressalta o coordenador geral da FUP, José Maria Rangel.
Só os investimentos da Petrobras representam 13% do PIB do país. Mas nem sempre foi assim. Em 2000, a participação da indústria de petróleo no PIB era de apenas 3%.
Por isso, estudantes, centrais sindicais e os movimentos sociais estarão nas ruas, defendendo o pré-sal, a Petrobras e o Brasil da ameaça de retrocesso. “Não permitiremos que este setor tão estratégico para o país caia novamente nas mãos dos que defendem a privatização do Estado”, alerta Rangel.
Em 2009 a UNE foi pioneira ao aprovar uma ampla campanha nacional em defesa dos “50% do fundo social do Pré-sal para a educação pública”. A iniciativa ganhou as ruas e as universidades de todo o país como estratégia para se chegar aos 10% do PIB para a educação.
 Da Redação com informações da FUP

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Com a desconstrução de Marina por ela mesma, a candidata vai perdendo apoios importantes, até mesmo do partido que criou

Xeque - Marcelo Bancalero

Depois  de acordos questionáveis, alianças e frases sem sentido, plano de governo mutante...
A onda continua a perder força, e vai virar "marolinha"  mais cedo  do que pensávamos...
A frase absurda de Marina no meme, a própria  postou em seu perfil na rede...( http://goo.gl/BBp6zL )
O  coordenador do núcleo GLBT de Marina já a abandonou... ( http://goo.gl/0Sf3QB )
Evangélicos já começam a questionar suas atitudes... ( http://goo.gl/rbaV7W )
Cid Gomes , pegou pesado com ela, chegando a afirmar que se eleita, será deposta em 2 anos.... ( http://goo.gl/6V5hMA )

E agora, por não sustentar nem mesmos os próprios ideais... Marina perde apoio de um dos líderes do partido que tentou usar para se promover, o Rede Solidariedade.
Leia na íntegra;


Marina perde o apoio do líder da Rede Sustentabilidade no Pará

Ele não é qualquer um e seu depoimento há de ecoar pelos quatros cantos do Brasil como um grito de alerta para aqueles que pensam que Marina ainda é a mesma Marina de outrora.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

De Irmã para "irmã" - Carta aberta a Marina Silva

Xeque - Marcelo Bancalero

É exatamente disso que eu sempre falo... 
Nada melhor para desconstruir um falso testemunho, do que a palavra de alguém com a mesma fé, e muito mais visão.
Como já disse aqui (  http://goo.gl/NB2Tl7 ), na verdade representa um outros interesses (  http://goo.gl/iLxYAI ), que são nocivos ao crescimento e fortalecimento de nossa nação( http://goo.gl/Pjocv6 ).
Não podemos nem deixar de  supor, que exista algo de podre por trás da morte de Eduardo Campos, ( http://goo.gl/7tqB4b ), e não são poucas estas noticias ( http://goo.gl/Fg7fUs ),  visto o forte interesse dos  EUA em derrubar o PT... 
O medo do Tio Sam é devido à força que nosso país ganha com a consolidação da aliança no Brics ( http://goo.gl/D57LCB )

Por essas e tantas outras...
Acreditamos que Marina ou não compreende a manipulação de si mesma, ou o verde que ela gosta agora é outro (  http://goo.gl/ASvA3B )
Leia mais verdades sobre Marina Silva ( http://goo.gl/7mWAuI )
E dispa-se de preconceitos para ler a carta aberta da Irmã Ester Neves, para "irmã" Marina Silva...
E faça-a chegar a seus contatos evangélicos o quanto antes...

Carta aberta à Marina Silva

Prezada Marina, que Deus conceda-lhe discernimento e sabedoria!

Primeiramente, quero me apresentar: Sou Ester Neves, EVANGÉLICA, nasci na cidade de Santarém-Pa, em 1949, portanto 65 anos de experiência de vida.

O RISCO-MARINA NÃO É ECONÔMICO. É POLÍTICO! O PT seria espancado se pregasse o cesarismo anunciado por Beto Albuquerque.

Xeque - Marcelo Bancalero

Importante demais esse artigo da Teresa Cruvinel.
É necessário que  população saia dessa anestesia midiática que impede que se enxergue o que existe por trás de um possível governo Marina Silva.
Leia o artigo;

O RISCO-MARINA NÃO É ECONÔMICO. É POLÍTICO.

01/09/2014 

por Tereza Cruvinel

O PT seria espancado se pregasse o cesarismo anunciado por Beto Albuquerque.


Embora não tenha sido bem clara sobre a natureza de suas preocupações com propostas do programa de governo de Marina Silva, a presidente Dilma indicou que seus temores são relacionados com a economia: a instabilidade, a desindustrialização, a quebra da matriz energética e derivados.
Relativamente à economia, Marina já ajoelhou e beijou a cruz para o mercado. Vem dizendo o que o setor financeiro, a indústria e até o agronegócio querem ouvir, contrariando o próprio discurso recente. Já se comprometeu com o tripé câmbio livre-metas de nflação-superavit, prometeu o BC independente. O risco maior do governo de uma candidata que na prática não tem partido político, está alojada em uma sigla de baixa densidade e expressão e vem se revelando avessa às coalizões, num presidencialismo que não pode prescindir delas, é fundamentalmente político.
Como destaca o Brasil247, o vice de Marina, deputado Beto Albuquerque, fez ontem as declarações mais graves de toda a campanha eleitoral. Se Lula, Dilma ou qualquer candidato petista pregasse algo parecido com o que disse o vice de Marina Silva, Beto Albuquerque, estariam sendo espancados verbalmente e chamados de “populistas”, “chavistas”, “bolivarianistas” e outros “istas” que podem ser resumidos pela categoria “cesarista”: governante que, como os césares de Roma, dispensa a mediação dos partidos e das instituições e procura se entender diretamente com o povo.
Se a “nova política” que Marina e PSB pregam descambar para a “anti-política” anunciada ontem por Beto, estamos feitos: “Depois de eleger Marina, temos de ir para as ruas e dar a ela a cobertura para que possa exigir do Congresso as mudanças necessárias ao país”, disse o companheiro de chapa. Todos os governantes que tentaram peitar o Congresso, desde a monarquia parlamentar de Dom Pedro, deram-se mal. Exceto os ditadores: Vargas no Estado Novo e os militares no pós-64. Washington Luís foi varrido pela Revolução de 30, Jânio renunciou e não voltou, Collor levou o impeachment. Jango, sem maioria parlamentar, foi “tolerado” até o momento em que, no comício da Central, em 13 de março, apelou ao povo para que o ajudasse a aprovar as reformas pressionando o Congresso. Veio o golpe.
A coalizão que apoia Marina, composta basicamente por PSB e PPS, hoje tem 30 deputados: 24 do PSB e seis do PPS. Se as duas bancadas dobrarem de tamanho no pleito do dia 5, pela força do efeito-Marina, serão 60. Ah, “mas eu vou governar com os melhores de cada partido”, tem dito ela, falando especificamente em “melhores do PT e do PSDB”. Indivíduos não formam coalizões nem garantem maiorias. Para chegar aos 257 deputados na Câmara, sem o quê ninguém governa, ela teria que recorrer ao que chama de velha política: fazer alianças, compartilhar o poder, ceder cargos e negociar as políticas a serem votadas. Estará Marina disposta a isso? Beto informa que preferem apelar às ruas para dobrar o Congresso.
O PSDB bem sabe o que significa a falta de estrutura e base política para governar. Mesmo sabendo que ganharia a eleição de 1994 com a força do Real, Fernando Henrique tratou de firmar aliança com o PFL. Estava certo, o PFL foi importante para a sua governabilidade. Agora, boa parte dos tucanos “marinam” discretamente acreditando que o governa lhes cairia no colo. Ainda assim, o PSDB hoje é um partido de 44 deputados. Se dobrar a bancada, uma coligação PSB-PPS-PSDB ainda estará longe da maioria. Os outros teriam que ser coagidos pelas ruas.
Afora o Congresso, a estabilidade política exige capacidade de negociar também com os diferentes segmentos da sociedade civil: empresários, sindicatos, corporações etc. Marina tem dito que quer “ouvir”. Sua mecenas Neca Setúbal diz que ela difere de Dilma porque ouve. Ouvir é uma coisa, negociar e conciliar é outra. Na hora dos confrontos de força e interesse, ela cederá ou chamará o povo?
“Perco o pescoço mas não perco o juízo”, disse Marina quando trombou definitivamente com o Governo Lula, recusando-se a flexibilizar posições do Ministério do Meio Ambiente em relação às licenças para acelerar as obras de construção das hidrelétricas da Amazônia, fundamentais para aumentar a oferta de energia.


Se na Presidência ela repetir e praticar este bordão, estará mesmo arriscando o pescoço. Mas não será só o dela. Será o nosso, o da democracia que os brasileiros vêm construindo, com todos os vícios e virtudes de nosso sistema político, que precisa mesmo de reformas, mas dentro da normalidade institucional, pela via da negociação. Um presidente que sai forte das ruas deve aproveitar o momento em que transpira força e legitimidade para conduzi-la. Fernando Henrique, Lula e Dilma perderam o “timing”, a lua de mel passou, não deram prioridade à reforma política. Depois já era tarde. Mas o que Beto Albuquerque anuncia é outra coisa. É o cesarismo, com qualquer nome contemporâneo que se queira lhe dar.

Marina: A empreiteira da demolição

Xeque- Marcelo Bancalero

Eu já disse que não me preocupo com a marolinha Marina Silva, ( http://goo.gl/cVNXXL )...
Mas o problema é convencer a população despolitizada e manipulada pela grande mídia, de que a mudança que Marina sugere em seu discurso, é uma roubada!
Leiam para compreender o artigo;

A empreiteira da demolição 


Há quase vinte anos, escrevi um livro sobre Controle de Opinião Pública.
Estudei, então, por conta própria – não é assunto que possa interessar a quem financia pesquisas acadêmicas –, por quase 300 páginas, os processos utilizados para conduzir povos como boiadas, dispensando, se possível, os relhos.
Os mecanismos eram já sofisticados, e ficaram mais ainda. 
A globalização, planejada na década de 1970, no quadro da crise do petróleo, na esteira do sepultamento do padrão ouro e quando se evidenciava o ocaso da União Soviética, contava muito com esses instrumentos.
Quantias enormes foram liberadas pela renúncia fiscal nos países ricos para sustentar campanhas de opinião transnacionais focadas em temas edificantes que excluíssem a luta de classes, base das análises marxistas da sociedade: pela defesa do meio ambiente; promoção de etnias e comportamentos ditos minoritários (mesmo onde são maioria); igualdade entre os sexos com a incorporação definitiva da mulher ao mercado de trabalho; atividades caritativas em geral.
Além de incorporar ou cooptar os segmentos treinados para a liderança que seriam liberados pela falência dos ideais revolucionários, a estrutura assim organizada pôde instrumentalizar-se para vários empreendimentos, da exploração de recursos preservados (como, agora, o xisto betuminoso nos Estados Unidos) até a preservação de recursos para a exploração futura (na Antártida, no Ártico, na Amazônia, no fundo dos oceanos). Seu potencial como desagregador de alianças opositoras jamais foi desprezado.
Desenvolveu-se a engenharia social. Ela constrói versões para os fatos; se eles não existem, fabrica; se não há figurantes, inventa.
Tudo aí é suspeito. Dos desastres de avião às pesquisas de opinião, índices das bolsas e números da estatística. Principalmente os atores.
No momento, aqui, dentre os que comandam o espetáculo, os interesses variam.
Para uns, está em jogo o espólio dos bancos estatais – BNDES, Banco do Brasil, Caixa.
Para outros, conter a concorrência da agropecuária no mercado mundial.
Para terceiros, isolar China, Rússia e Índia, únicos empecilhos reais ao império mundial.
Para quartos, o pré-sal.
Há ainda coadjuvantes com causas particulares: diferenciais de salários, garantia de clientes, mercado, lucros...
Agora é Marina. Como, antes, Collor. Ou, antes, Jânio. Melhor seriam peças cambiáveis e institucionalmente seguras, como um Bush que se troca por um Obama ou um Sarkozi que se substitui por um Hollande.
O que ela pretende fazer, pouco importa; não fará. Mas pode desfazer muita coisa: é para isso que serve.
  - Fonte: Professor Nilson Lage

domingo, 31 de agosto de 2014

Marina, a candidata acima do bem e do mal

Xeque - Marcelo Bancalero:



 "Candidata do PSB "não está acima do bem e do mal", comenta jornalista; "Precisa, por exemplo, dar explicações sobre a propriedade do jato que caiu e ocasionou a morte de Eduardo Campos. É necessário saber como ele entrava nas contas eleitorais do PSB", defende Kennedy Alencar; segundo ele, "como candidata do partido e proponente de uma 'nova política', Marina não pode tratar o assunto de forma obscura"
http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/151230/Kennedy-'Marina-e-PSB-têm-de-se-explicar-sobre-jato'.htmhttp://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/151230/Kennedy-'Marina-e-PSB-têm-de-se-explicar-sobre-jato'.htm"



'via Blog this'

Marina caixa 2,caixa 2 ,caixa 2...

(189) Marcelo Bancalero:

 "O avião que Eduardo Campos utilizava, e também o jatinho de Marina, não estão justificados no TSE, logo se consubstanciam em Caixa 2.
Precisa mais explicação?
http://tijolaco.com.br/blog/?p=20550
http://tijolaco.com.br/blog/?p=20470"



'via Blog this'

#GolpeBaixo "irmã" Marina!

Xeque - Marcelo Bancalero:



 "#GOLPEBAIXO
Como evangélico digo de novo sem medo de errar...
Marina Silva não representa a igreja evangélica! http://goo.gl/V7USxp )
Principalmente com os rumos que vem tomando sua campanha!
Tem de tudo! Caixa 2 sem explicação ( http://goo.gl/MybG9B ) ,tem apoios no mínimo misteriosos ( http://goo.gl/jXy4Wa ) , ( http://goo.gl/HMcGNo ), e agora isso?
Tem gente achando que vai pegar carona na história do partido.
Vídeo FRAUDULENTO coloca o Lula apoiando Marina Silva.
Quando na verdade o vídeo original fala do apoio de Lula à nossa querida representante do povo goiano ao senado federal Marina Sant'Anna.
Quanta baixaria hein Marina ...
Veja o vídeo original que foi manipulado pela "irmã" Marina Silva https://www.youtube.com/watch?v=4dE0FTrk7sc
By Compartilhe13

E assista também este vídeo incrível sobre o tema https://www.facebook.com/marcelo.bancalero/posts/700493769999990 "



'via Blog this'

BOICOTE GLOBAL AO PT

Xeque- Marcelo Bancalero:

"Deu na Folha que o Tribunal Regional Eleitoral paulista determinou que a Globo registre, diariamente, as atividades do candidato petista ao Governo do Estado. Até agora, a Globo só publicava uma vez por semana a agenda de Padilha, sob o argumento de decidiu só dar cobertura aos candidatos que atingissem 6% nas pesquisas.
Por isso, só tinham reportagens diárias Geraldo Alckmin (PSDB) e Paulo Skaf (PMDB).

http://tijolaco.com.br/blog/?p=20546F"



'via Blog this'

Pre´-sal não interessa a Marina... Então saúde e educação também não!

xeque - Marcelo Bancalero: "
#Marina ao desprezar o Pré-sal esquece que existe uma previsão de cerca de R$ 370 bilhões para a Educação e R$ 123 bilhões para a saúde. Desse jeito vamos ter que dar razão ao outro candidato #Amadores #Irresponsáveis #BlaBlaRina.
by Compartilhe13 curta e divulgue essa página!"



'via Blog this'

A velha politica

Xeque - Marcelo Bancalero:




O deputado Márcio França (PSB-SP), indicado pelo partido para coordenar o novo comitê financeiro da candidatura de Marina Silva, suspendeu o veto da ex-senadora e de Bazileu Margarido, seu representante nas finanças da campanha, sobre origem de doações; "Não tem problema algum, se a doação for legal. Pode vir dinheiro da indústria de armas, de bebidas, do que for", disse ele; declaração demonstra que os "sonháticos" são cada vez mais pragmáticos; tanto ou mais do que os representantes da chamada velha política

http://goo.gl/4th6JE

by Compartilhe13 curta e divulgue essa página!



'via Blog this'

E o pré-sal Marina?

Xeque - Marcelo Bancalero: "Marina diz que vai parar com exploração do pré-sal!
Não foi preciso nem que a diretora da Chevron, Patrícia Pradal, fosse pedir, como fez com José Serra, em 2010.
Marina Silva, espontaneamente, anunciou que vai deixar o petróleo do pré-sal lá embaixo, bem enterradinho, para que, um dia, os gringos venham tirar
http://tijolaco.com.br/blog/?p=20579."



'via Blog this'

Quem vai mandar no Banco Central com Marina?

Xeque - Marcelo Bancalero:

Marina Silva prega a independência do Banco Central do governo, a candidata Luciana Genro diz bem o que isso significa. –
Abrir mão do governo decidir questões econômicas, financeiras do país, emprego, salário, emissão de moeda, aumento de reservas, de juros e entrega-los ao comando de banqueiros como do Itaú que estão na coordenação de campanha de Marina.

 https://www.facebook.com/video.php?v=617410481707609 "



'via Blog this'

Marina cara de pau!

Xeque - Marcelo Bancalero

: "Marina cara de pau!
"

TORAS DE MOGNO!



MARIDO DE MARINA SILVA FOI DENUNCIADO PELO DEPUTADO ALDO REBELO POR CONTRABANDO DE MADEIRA AVALIADA EM R$ 8 MILHÕES! Na foto Marina aparece com o seu marido Fábio Vaz de Lima.

Veja tudo aqui: http://bit.ly/1oVnAXp
Vídeo aqui https://www.youtube.com/watch?v=TPsQiQA1WNY



'via Blog this'

E ai Marina? Vai pra que lado?

Xeque -Marcelo Bancalero:

 "E ai Marina?"

Menos de 24 horas depois de divulgar seu programa de governo, que contemplava a defesa dos direitos do público LGBT, Marina Silva volta atrás e solta nota para explicar que não era bem assim; o motivo foi a reação irada de Silas Malafaia, evangélico como Marina, que disse que o programa da candidata do PSB conseguia ser "pior do que o de PT e PSDB"; "O texto do capítulo “LGBT”, do eixo “Cidadania e Identidades”, do Programa de Governo da Coligação Unidos pelo Brasil, que chegou ao conhecimento do público até o momento, infelizmente, não retrata com fidelidade os resultados do processo de discussão sobre o tema durante as etapas de formulação do plano de governo", diz a nota divulgada por Marina

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/151837/Pressionada-por-Malafaia-Marina-recua-na-causa-gay.htm


'via Blog this'

O que os candidatos a presidente fizeram nos últimos 4 anos?

Xeque - Marcelo Bancalero: "Nas próximas semanas os eleitores vão escolher quem vai gerenciar a nação.
O que os candidatos para esse cargo fizeram nos últimos 4 anos?

Vejamos.

Aécio Neves, nos últimos 4 anos foi senador por Minas Gerais e além de ser um dos mais faltosos e ter aprovado poucos projetos, usou seu mandato como plataforma eleitoral para as eleições deste ano. Inclusive, confessou ter usado o aeroporto que construiu com dinheiro público na fazenda do seu tio, quando era governador de Minas Gerais.

Marina Silva, nos últimos 4 anos se dedicou a criar seu partido, a Rede Sustentabilidade. Mas pelo visto não se dedicou tanto assim: pois mesmo com anos de projeto não conseguiu reunir assinaturas válidas suficientes para a fundação e inconformada, levou o tema até o TSE.

E Dilma Rousseff?
Dilma Rousseff nos último 4 anos cumpriu seu primeiro mandato de Presidenta da República, onde enfrentou uma das mais sérias crises econômicas mundiais, mantendo a inflação dentro da meta e sem prejudicar conquistas históricas: como o crescimento do salário mínimo e o menor índice de desemprego da história do Brasil.
Além disso, aprofundou os programas sociais do Governo Lula, criou e implementou novos projetos em todos os âmbitos do seu governo. Por tudo isso, se apresenta como a candidata preferida pelos eleitores.

É importante avaliar antes de votar.
O Brasil não pode retroceder e nem dar um salto no escuro.

Leia mais aqui:
http://pocos10.com.br/?p=11953
http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/10/por-6-1-tse-barra-partido-de-marina-silva-nas-eleicoes-de-2014.html

Curta Seja Dita Verdade"



'via Blog this'

Parceiro do Blog - NOSSA BANCA

Parceiro do Blog -  NOSSA BANCA
Endereço da NOSSA BANCA - O endereço é Segundo Lopes Carmona, 347 - Centro - Votorantim - SP Ao lado do Malucho Supermercados

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido