Free Website DirectoryMiriBlack Web Directory Xeque-Mate- Notícias

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Está ruindo o “mensalão”, aqui e no exterior

Está ruindo o “mensalão”, aqui e no exterior

Tratado extradição Br e ItáliaAo apresentarem recurso à Comissão Interamericana de Direitos Humanos, órgão da OEA, alguns dos injustiçados na AP 470 (CLIQUE AQUI), deram início efetivo no desmonte deste julgamento de exceção que flagrantemente violou o tratado Interamericano de Direitos Humanos, e frise-se que este Tratado integra o ordenamento jurídico brasileiro.

Já fizemos, inclusive, postagem apresentando os itens violados: Confirmado, AP 470 foi julgamento político(CLIQUE AQUI).

O papel desempenhado pela velha mídia empresarial na blindagem midiática e que gerou as condições para que apenas a versão da acusação - apresentada pela PGR/MPF e sustentada pelo relator - fosse divulgada para o distinto público, também está ruindo diante da ampla divulgação de documentos, laudos e perícias que diversos blogs e internautas não se cansam de publicar.

Observe o caso da recente notícia (clique aqui) de que a Itália solicitou ao Brasil informações sobre o sistema carcerário brasileiro, pois lá está em andamento o pedido de extradição de Pizzolato.

Da mesma forma que a Comissão da OEA vai analisar as notórias transgressões a seu tratado, a Itália fará o mesmo, respeitando aquilo que estabelece o tratado entre os dois países.

Ao analisarmos os diversos tratados de extradição entre quaisquer países, percebe-se que a ritualística é se respeitar: a Constituição, os tratados, as leis internas, os costumes e a reciprocidade. E a reciprocidade é a base do Tratado de Extradição que vigora entre o Brasil e a Itália.

A Constituição brasileira no art 5º, LI, estabelece que nenhum brasileiro será extraditado, portanto, por reciprocidade a Itália também não extradita seus nacionais, caso concreto de Pizzolato que tem a cidadania italiana.

Destacamos que o tratado entre os dois países estabelece condições, que contemplam o moderno conceito de direitos humanos, exatamente na linha do tratado interamericano (OEA). E é aí que o pedido de extradição de Pizzolato está em vias de se transformar em um pesadelo para JB.

Temos o fato público e notório de que os presídios brasileiros são desprovidos do mínimo de condições que garantam os direitos fundamentais da pessoa humana, mas, faz parte do ritual diplomático oficializar a pergunta como uma das etapas do pedido de extradição, e é exatamente o que a Itália está fazendo.

Mais adiante, prosseguindo com o ritual diplomático, a Itália também irá perguntar se, no julgamento que condenou Pizzolato, ocorreu dele ter sido submetido a um procedimento que não assegurou os direitos mínimos de defesa (VIDE ARTIGO 5, a, do Tratado de Extradição Brasil/Itália). E eis que o ainda sigiloso inquérito 2474 foi ocultado tanto da defesa quanto dos demais ministros.

E quando a Itália souber que Pizzolato foi acusado por ser petista, conforme acusação da PGR/MPF que foi sustentada pelo relator, estará caracterizado o crime político (VIDE ARTIGO 3, 1, e, do Tratado de Extradição Brasil/Itália).

Tem mais, quando for perguntado pela Itália se o Brasil garantiu a Pizzolato o direito de recorrer a outro tribunal ou juiz diferente daquele que o condenou, ficará nítido que ele, como os demais sem foro privilegiado, foram submetidos a julgamento por um tribunal de exceção (VIDE ARTIGO 3, 1, d).

Avizinha-se aquilo que vaticinou o eminente jurista Celso Bandeira de MeLlo, em entrevista concedida à revista CAROS AMIGOS, edição 201/2013 (CLIQUE AQUI), disse ele: "O que pode haver é que ele (Pizzolato) seja absolvido, que seja julgado lá (na Itália). O acordo entre Brasil e Itália parece que permite isso. Se ele for julgado e absolvido teremos o choque de duas decisões, o que ficaria muito mal para o Brasil".

Afirmamos que se avizinha aquilo que vaticinou Celso Bandeira de Mello, que é um dos mais respeitados jurista e constitucionalista do País, pois o Tratado de Extradição Brasil Itália no artigo 6, 1, estabelece: "...não sendo concedida a extradição, a Parte requerida (Itália), a pedido da Parte requerente (Brasil), submeterá o caso às suas autoridades competentes (na Itália) para eventual instauração de procedimento penal. Para tal finalidade, a Parte requerente (Brasil) deverá fornecer os elementos úteis". E acrescentamos, farão parte obrigatória dos "elementos úteis", o ainda sigiloso inquérito 2474.

CLIQUE AQUI E ACESSE A ÍNTEGRA DO TRATADO DE EXTRADIÇÃO ENTRE BRASIL E ITÁLIA

DECLARAÇÕES IMPORTANTES DE AUTORIDADES E PERSONALIDADES BRASILEIRAS

Gilberto Carvalho, ministro chefe da secretário-geral da Presidência da República, disse: “Tenho uma crença histórica de que não houve uso de recursos públicos, e sim um erro que tem de ser punido, todos sabemos, de uso do caixa 2 em eleições e processos eleitorais. É disso que se trata, a meu juízo. Qualquer desvio tem de ser punido”. (CLIQUE AQUI E CONFIRA A FALA DE GILBERTO CARVALHO).

Ricardo Berzoini, então deputado federal, atualmente ministro chefe da secretaria de relações institucionais da Presidência da República, disse: "Conhecendo bem as auditorias feitas pelo BB e pela Visa, que comprovaram não ter ocorrido desvios de milhões de reais, falsamente relatados pelo Joaquim Barbosa, sei que Pizzolato foi condenado sem provas e o que é pior, contra as provas. Por isso, a petição (em favor de Pizzolato) tem meu apoio. CLIQUE AQUI E CONFIRA

Paulo Teixeira, deputado federal, disse: "PRESIDENTE DO STF AGE NA ILEGALIDADE" e completou: "Surpreende os operadores do direito como o STF abdicou do seu papel de Corte contra-majoritária no julgamento da Ação Penal 470. As câmeras de televisão inebriaram muitos daqueles que deveriam atuar com discrição e defender a Constituição. Agora, a Corte Suprema, pelas mãos do seu presidente, deixa de exercer seu papel de corte constitucional e se soma aos setores da sociedade que clamam por um estado vingativo, que puna sem respeito à lei, que atenda ao anseio social de vingança". CLIQUE AQUI E CONFIRA

Luis Inácio Lula da Silva, ex presidente da república, disse:

* Foi o mais sórdido processo político nesse país, e imprensa teve um papel antes de cada sessão. Foi um massacre, que não vi agora no caso de Minas [Mensalão mineiro teve autos remetidos à primeira instância]. Ou seja: dois pesos e duas medidas.

* Os mesmos [na imprensa] que defenderam forca para o Dirceu querem agora um julgamento tranquilo e civilizado para os outros.

* O que está acontecendo com Dirceu [na execução da pena] é um abuso muito grave [Dirceu teria direito ao regime semi-aberto, mas é mantido de forma irregular no regime fechado].

* A gente um dia vai saber qual papel dos meios de comunicação nesse caso. Houve erro [do PT]: deveríamos ter feito luta política. Ficamos na luta jurídica, enquanto do outro lado havia uma luta política.

* O que me preocupa é que há muita gente falando demais na Suprema Corte. Tem que falar é nos autos.

CLIQUE AQUI E CONFIRA, INCLUSIVE EM VÍDEO, AS AFIRMAÇÕES DE LULA



COMPARTILHAR É O SEGREDO DE NOSSA FORÇA!

Defesa de Pizzolato tem estratégia pronta e se baseia em Direitos Humanos


De O Globo

Defesa de Pizzolato estabelece estratégia para livrá-lo da extradição

  • Advogado vai argumentar que Brasil desrespeitou a Convenção Americana Sobre Direitos Humanos
  • Pacto diz que toda pessoa acusada de delito tem direito de recorrer da sentença para juiz ou tribunal superior
JULIANA CASTRO

<br />
Henrique Pizzolato foi condenado no processo do mensalão<br />
Foto: Ana Branco / Arquivo O Globo - 14.02.2008

Henrique Pizzolato foi condenado no processo do mensalão Ana Branco / Arquivo O Globo - 14.02.2008
RIO - A defesa do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato na Itália estabeleceu as estratégias que vai usar para tentar livrá-lo da extradição pedida pelo governo brasileiro. Entre seus argumentos, o novo advogado de Pizzolato, o criminalista Alessandro Sivelli, vai dizer que o Brasil desrespeitou a Convenção Americana Sobre Direitos Humanos, conhecida como Pacto de São José da Costa Rica, da Organização dos Estados Americanos (OEA).
Um dos tópicos do artigo 8 do pacto, sobre garantias judiciais, diz que toda pessoa acusada de delito tem direito de recorrer da sentença para juiz ou tribunal superior. Outro artigo, o 25, estabelece que os Estados Partes se comprometem a desenvolver as possibilidades de recurso judicial. O Brasil promulgou a convenção em 1992.
Condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão a 12 anos e 7 meses de prisão por formação de quadrilha, peculato e lavagem de dinheiro, Pizzolato não teve direito aos embargos infringentes, uma espécie de segundo julgamento na Corte. O recurso é permitido somente para condenados que obtiveram ao menos quatro votos pela absolvição no crime pelo qual foi julgado, o que não foi o caso do ex-diretor do BB.
Pizzolato fugiu do Brasil em setembro de 2013 e foi para a Itália com um passaporte italiano falso no nome do irmão, Celso, morto em 1978. O ex-diretor do BB foi preso em Maranello, no Norte da Itália, em 5 de fevereiro. Cidadão italiano, ele permanece encarcerado enquanto a Itália não dá resposta ao governo brasileiro sobre o pedido de extradição. Sivelli está se aprofundando sobre o funcionamento do Supremo, uma vez que isso é tido como base fundamental para a defesa na Itália. O advogado vai comparar como funcionam os julgamentos de mesmo parâmetro nos dois países.
Outro ponto a ser abordado pelo advogado será o de que um mesmo magistrado - o presidente do Supremo, Joaquim Barbosa - participou de todas as fases do processo do mensalão. A defesa entende ser um absurdo que o juiz que julga a ação tenha participado também de toda a fase de investigação.
Julgamento na Corte Interamericana
No fim de janeiro deste ano, a Corte Interamericana de Direitos Humanos da OEA julgou um caso que pode abrir precedentes para recursos dos condenados do mensalão na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH). Só chegam à Corte casos encaminhados pela comissão.
Ao tratar do caso do ex-ministro das Finanças do Suriname Liakat Ali Alibux, a Corte entendeu que o país desrespeitou o Pacto de São José da Costa Rica. Alibux tinha direito a foro privilegiado, foi julgado pela Alta Corte de Justiça do Suriname e não teve direito a recursos, num sistema semelhante ao que ocorreu com os condenados no mensalão. A sentença da Corte Interamericana diz que o Estado deve se organizar para garantir a quem tem foro privilegiado o direito ao recurso.
“A Corte tem considerado o direito de apelar da decisão como uma das garantias mínimas que toda pessoa que é submetida a uma investigação e processo penal tem”, pontua trecho da sentença do caso do Suriname.
O Brasil reconhece a jurisdição da Corte desde 1998.Luis Nassif Online

Bomba! O que FHC tem haver com a falta de água em SP?

Xeque  Marcelo Bancalero


MEIO MILHÃO DE REAIS (EM 2006, VALOR NÃO CORRIGIDO) DOADOS PELA SABESP PARA O INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
Lembrando que em 2004 ao renovar a outorga pela água do Sistema Cantareira para o governo de São Paulo, a Agência Nacional de Àguas exigiu que a Sabesp investisse recursos na ampliação e criação de reservatórios e busca de novas fontes de abastecimento de água para São Paulo.
Relembre a notícia aqui

http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2008/02/instituto-fhc-recebe-4-milhes-de-reais.html e aqui:http://colunas.imirante.com/platb/decio/category/politica-nacional/page/37/
O Pedala Direita pergunta que você acha dessa notícia?

RECURSOS DA AP 470 À CORTE DA OEA JÁ ASSUSTAM PGR



Após os condenados na AP 470 Kátia Rabello, José Roberto Salgado e Vinícius Samarane apresentarem recurso à Comissão Interamericana de Direitos Humanos, órgão da OEA, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sugeriu a criação de um grupo de trabalho de representantes de órgãos do Judiciário e do Executivo para defender as condenações do Supremo Tribunal Federal no julgamento; a quem a OEA dará razão?

Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sugeriu a criação de um grupo de trabalho de representantes de órgãos do Judiciário e do Executivo para atuar no julgamento dos condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, que recorreram a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA), sediada em Washington. O grupo deverá atuar para garantir a soberania da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na semana passada, os advogados de Kátia Rabello, José Roberto Salgado e Vinícius Samarane, ligados ao Banco Rural, que foram condenados na Ação Penal 470, apresentaram recurso à comissão. No recurso, eles acusam o Brasil de violação ao direito constitucional ao duplo grau de jurisdição.

De acordo com sugestão de Janot, o grupo de trabalho deverá ser formado por representantes da Advocacia-Geral da União (AGU), da Procuradoria-Geral da República (PGR) e dos Ministérios da Justiça e das Relações Exteriores.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Debate – Ação Penal 470 – Análise Técnica De Um Processo Político


Xeque - Marcelo Bancalero

 Data:23/abr/2014, 17h00min

Debate – Ação Penal 470 – Análise Técnica De Um Processo Político

DATA: 23/04

HORÁRIO: 19H
LOCAL: auditório da OAB-RS
O Julgamento mais longo, complexo e controvertido da história do STF, – A Ação Penal 470,também  conhecida como Mensalão, quando começou a ser julgada a Ação contava com 234 volumes e 495 apensos, que totalizavam mais de 50.199 páginas. Foram necessárias 53 sessões plenárias, julgados 38 réus, sendo 25 condenados e 12 absolvidos e em relação a um dos réus foi decretada a nulidade do processo. Portanto o Julgamento da Ação Penal 470, foi um marco no processo penal brasileiro.
Propomos este debate, para obtermos esclarecimentos, queremos discutir a forma e, os papéis dos atores envolvidos e a condução do Julgamento.  Esta analise técnica, esta “dissecação” da Ação penal 470 requer conhecimentos jurídicos mais aprofundados, portanto convidamos para este debate advogados especialistas em Direito penal, como o Dr. Sávio Lobato, que participou da defesa de um dos réus do mensalão e o Dr. Ricardo Cunha Martins – Advogado penalista com atuação reconhecida no Rio Grande do Sul, mas  além das questões técnicas do direito penal brasileiro,  queremos  uma analise de vários outros aspectos nebulosos ou explícitos, ocorridos durante o julgamento do processo tais como: o papel da imprensa, dos formadores de opinião dos grandes veículos de comunicação, da blogosfera e das redes sociais e convidamos Marcus Sokol, economista e dirigente do PT nacional, Eduardo Guimaraes,  renomado blogueiro do Blog da Cidadania, para analisar a questão da imprensa no julgamento
Público Alvo: Estudantes,  operadores do Direito e imprensa.
Debatedores:
Dr. Sávio Lobato – especialista em direito penal e defensor de Henrique Pizzolato na Ação Penal 470.
Markus Sokol – Economista, dirigente nacional do PT
Eduardo Guimaraes – Blogueiro, – Blog da Cidadania

Dr. Ricardo Cunha Martins – especialista em direito penal – RS



Carta aberta Sociedade Mineira

Xeque - Marcelo Bancalero

Via Samuel Dias
Carta aberta Sociedade Mineira:


segunda-feira, 7 de abril de 2014

VIDEO PROIBIDO PELO PSDB MOSTRA... COMO FHC QUEBROU O BRASIL 3 VEZES E O ENTREGOU AO FMI

Xeque - Marcelo Bancalero

Pois é....
Eles querem “CPI para apurar se o Brasil comprou algo caro? E o que foi vendido barato na privataria?
Assista ao vídeo antes que seja banido e leia e espalhe a verdade!


sexta-feira, 4 de abril de 2014

Algo aconteceu de 2002 pra cá... Você sabe o que foi?

Xeque - Marcelo Bancalero
Dica de Política Santos
@Politica_Santos
Renda média dos brasileiros. Algo ocorreu em 2002? pic.twitter.com/OqDh7JGqQ0
Eu já oPTei...
Quero + Brasil com #DilmaDeNovo com força do povo!

Diferença de postura de quem representa o povo e de quem nada representa... Qual das duas noticias você viu na mídia comum?


Cerca de 80 instituições denunciam posição antidemocrática da mídia e Papa mostra a verdade sobre o purgatório midiático

Xeque - Marcelo Bancalero

Foi contundente a nota enviada por cerca de 80 instituições sobre posicionamento antidemocrático da mídia, principalmente, Folha e Estadão...
E a fala do Papa  denunciando os 3 pecados capitas da mídia... Nos mostra como funciona o purgatório midiático!
E você ainda acredita em tudo  o que lê, ouve  ou assiste?
Leia mais;

quinta-feira, 3 de abril de 2014

De um desastroso protótipo de herói do PIG a um reles carcereiro... O fim inglório de Joaquim Barbosa

Xeque- Marcelo Bancalero

Mas creia...
Este ainda não é o fim de Joaquim...te país,
Quando a justiça realmente for feita, vai dar ena desse sujeito!
Leia mais...


O atrabiliário Joaquim Barbosa

Ele ainda não se deu conta que "já passou"

O fim inglório de Joaquim Barbosa

Pequisas tendenciosas são apenas o começo no vale-tudo contra o PT

Xeque- Marcelo Bancalero

Resultado da pesquisa Datafolha  sairá apenas no sábado, porém, já sabemos o que trará...
Como sempre, quanto mais se aproximam as eleições, mais sujo torna-se o jogo politico. E aqueles que nunca esconderam o lado que preferem, não demostram nenhum escrúpulo em prestar seus favores a golpistas!
Pesquisas tendenciosas são apenas o começo no vale-tudo contra o PT podem se preparar para golpes muito mais baixos!

Leia com paciência e entenda...

Datafolha: temos direito a dúvidas

segunda-feira, 24 de março de 2014

O Xeque-Mate de Gabrielli na Rede Globo...Efeito Passadena já passou!

Xeque - Marcelo Bancalero

Foi uma jogada de mestre a publicação em seu canal do You Tube da entrevista concedida a Globo News sem edições globais.
Assim o feitiço virou contra os feiticeiros...
Mais uma vez! (Relembre no blog )
Por isso com prazer,, coloco aqui o vídeo, e alguns artigos que dão um ponto final em Passadena!
O efeito Passadena já passou tucanalhas!
Leia mais e divirta-se;




CONTRAPONTO

Gabrielli grava sua própria entrevista e publica versão não editada pela Globo

Ex-presidente da Petrobras, que já havia inovado quando criou blog da estatal para se precaver de distorções pela imprensa. É uma oportunidade de eleitor comparar a versão com a informação

sábado, 22 de março de 2014

POR QUE EU ODEIO O PT?

Excelente dica do companheiro Pedro Luiz Boemer.
Leia na íntegra;

POR QUE EU ODEIO O PT?

Muitas pessoas perguntam porque eu tenho tanto ódio do PT. Odeio mesmo, muito, essa corja do PT.


Eis os motivos pelos quais eu odeio o PT:

Contrariando urubólogos do PIG (Partido da Imprensa Golpista) e direita raivosa, Petrobrás vai muito bem obrigado!

Xeque- Marcelo Bancalero

Sabemos que em ano eleitoral o jogo do vale-tudo com direito muitos golpes baixos da direita raivosa é inevitável.
De todas as tentativas de ganhar na base de calúnias e golpes o que eles não tem condições e nem competência de ganhar nas urnas, até por que já estiveram no poder e deixaram a desejar, foi a farsa ridícula do "tal do mensalão", onde com a ajuda da mídia e de ministros vendidos, conseguiu-se que a população  por um momento acredita-se ter existido o mentirão;
Mas isso foi apenas no início...

sexta-feira, 21 de março de 2014

Primeira interpelação feita por pessoa física contra Gilmar Mendes que motivou a campanha do Blog da Cidadania, é arquivada por Fux

Xeque - Marcelo Bancalero

Como já havíamos premeditado, nossa interpelação contra o ministro Gilmar Mendes, (Relembre no Blog) foi sumariamente arquivada pelo seu cupincha, ou cúmplice, ministro Fux. 

Fux matou no peito a interpelação que enviamos como a primeira de uma pessoa física, da mesma forma que havia feito com a do PT.

Agora resta saber o que fará com as mais  de 200 outras que foram motivadas pela iniciativa deste blog  e  seguirão pelo Blog da Cidadania. (Relembre no Blog)
Nossa interpelação não teve  custo algum, nem para nós que a viabilizamos, nem para a requerente. (Relembre no Blog)
Já estas mais de 200 do Blog da Cidadania teve um custo de R$20,00 por cada requerente. Tomara que não seja dinheiro perdido.

Leia mais;




Fux nega outro pedido para Mendes explicar fala sobre doações a petistas



Ministro levantou dúvidas sobre arrecadação para multas do mensalão.
Luiz Fux já tinha arquivado pedido do PT; agora, arquivou o de servidora.

quarta-feira, 19 de março de 2014

APARECE O LADO SUJO DA FAMÍLIA DE JOAQUIM BARBOSA

Xeque Marcelo Bancalero
Irmão de Barbosa trabalhando com a banda suja da política de Brasília é notícia nos principais blogs e jornais da velha imprensa.
Gualberto Barbosa Gomes vai trabalhar com a filha de Roriz.
Depois do filho do próprio Joaquim Barbosa ter envolvimento com empresa denunciada no mensalão, Felipe Barbosa, o filho do ministro, está trabalhando na Rede Globo. (Clique AQUI e relembre)
Na semana passada foi divulgado pelos blogs Xeque-Mate-Noticias e Megacidadania, que JB tem reuniões periódicas com o ex genro do Ayres Britto, o advogado Adriano Borges, lembrando que Adriano também teve envolvimento com Roriz (CLIQUE AQUI E RELEMBRE).
Reiteramos a pergunta: ISSO É NORMAL?
 Leia mais;




 Filha de Roriz faz proposta de trabalho a irmão de Joquim Barbosa

terça-feira, 18 de março de 2014

Alerta aos cristãos, agnósticos, ateus e de qualquer seguimento religioso do Brasil!

Xeque -Marcelo Bancalero

Sinto-me na responsabilidade de dar um alerta aos meus irmãos cristãos sobre uma mentira que está tendo apoio da mídia, usando o nome de Deus em vão...

Sei que até mesmo meus amigos  agnósticos e ateus e de quaisquer segmento religioso no Brasil irão me ajudar adar ampla divulgação neste artigo. Afinal, oque está em jogo não é só a questão religiosa aqui, mas toda uma nação!

Assistam ao vídeo do garoto propaganda da tal marcha da família com deus,e em seguida peço que leiam o dossiê sobre em http://xeque-mate-noticias.blogspot.com.br/2013/08/dossie-bruno-toscano-do-revoltados-on.html...
Depois avaliem vocês mesmos...
Pode alguém como ele estar  por trás de algo bom?
Por trás de algo relacionado a Deus?
Vocês decidem de que lado estarão nesta batalha!
https://www.youtube.com/watch?v=W-KC1dq05MQ&feature=youtu.be

Leia ainda;


segunda-feira, 17 de março de 2014

Bomba! Revista Veja comete mais um crime! Dessa vez será investigada!

Xeque - Marcelo Bancalero

Pois, depois de tantos crimes unida a a Carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres e Cia. a lixoteratura feita por essa revista comete erro drástico publicando foto de Dirceu na Papuda.
Leia a excelente matéria do Blog da Dilma.


Fruto de um crime, foto de Veja será investigada

Não sou pago pelo PT! Ajude à partir de R$1,00 ao Xeque-Mate-Noticias a não ser obrigado a parar

Parceiro do Blog - NOSSA BANCA

Parceiro do Blog -  NOSSA BANCA
Endereço da NOSSA BANCA - O endereço é Segundo Lopes Carmona, 347 - Centro - Votorantim - SP Ao lado do Malucho Supermercados

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido