Magazine do Xeque-Mate

sexta-feira, 19 de junho de 2015

URGENTE! Pressionando Ministro della Giustizia Urgente: non si conceda l'estradizione per Pizzolato by Luigi Manconi - Itália

Xeque - Marcelo Bancalero

É hora de mostrarmos que  o companheiro Henrique Pizzolato não está sozinho! http://goo.gl/oJpEC4
Vamos nos unir aos parlamentares na Itália, que se mobilizaram para impedir que Pizzolato seja entregue aos leões no Brasil... Relembre http://goo.gl/N8WzvC
Mostre seu apoio assinando a petição pública feita na Itália por nosso companheiro aqui https://www.change.org/p/urgente-non-si-conceda-l-estradizione-per-pizzolato
Você que quer apagar a mancha que foi  colocada a força no legado do PT para este país, pode ajudar, fortalecendo nossa luta para que Pizzolato não seja extraditado, e possa provar sua inocência  na Itália. Só assim, a farsa do mensalão será definitivamente esclarecida.
Eu assino esta petição, por que conheço Pizzolato, conheço sua história, conheço sua inocência.
E trabalharei enquanto tiver fôlego de vida para provar que ele foi usado como bode expiatório num, jogo sujo da politica brasileira http://goo.gl/TSKGR3


Tradução Google

Pressionando Procurador Urgente: não conceder a extradição para Pizzolato
por Luigi Manconi - Itália

Henrique Pizzolato, de origem brasileira com cidadania italiana, é provável estes dias ter que deixar a prisão de Saint Anne em Modena, onde ele está cumprindo uma sentença de mais de 12 anos impostas pelo Supremo Tribunal Federal como parte de uma investigação sobre corrupção e reciclagem. Pizzolato poderia ser extraditado e transferidos para Papuda, uma das prisões mais violentas do Brasil e degradada.
O Ministro da Justiça decidiu, a pedido das autoridades brasileiras a conceder a extradição se o desempenho do Ministério do Interior foi suspenso na segunda-feira, enquanto se aguarda a decisão do Conselho de Estado sobre o recurso apresentado pelos advogados da família.

As organizações internacionais mais importantes nos últimos anos têm denunciou a grave situação enfrentada pelas prisões brasileiras, estruturalmente inadequadas, superlotadas, terrivelmente falta em termos de saúde e higiene, mas também lugares onde dominam os mecanismos rígidas de opressão nas mãos de grupos criminosos.

O Tratado de Extradição de regulação entre a Itália eo Brasil espera-se que não será concedido "se houver razões para crer que a pessoa procurada será submetido a penas ou tratamentos que ainda constituem violações dos direitos fundamentais." E em fevereiro, o Senado finalmente aprovou um projeto de lei para a ratificação do Tratado de 2008 entre os dois países sobre a transferência de pessoas condenadas, que oferece a oportunidade de cumprir a pena no país de que você é um cidadão.

À luz destes elementos, pedimos ao Ministro da Justiça para rever a decisão Orlando Pizzolato extradição de você para que você obtenha uma solução que salvaguarde a segurança física e protecção dos seus direitos inalienáveis.

Andréa Haas Rio de Janeiro, ITáLIAaproximadamente 3 horas atras Curtiu 1
No Brasil,

Henrique não teve um julgamento justo; Ele foi condenado por um único tribunal, sem direito de recurso. Um processo político, a mídia, que tiveram como alvo Lula, os representantes do PT, ministros e políticos. Mas quem está pagando a conta são pessoas comuns como Henrique, que não era político, nem representante do PT, mas um banco, um sindicalista, usados ​​como bode expiatório para cobrir muitos poderosos. Henrique não cometeu crimes que foram atribuídas a ele, os documentos do processo é demonstrado claramente.


 Pressionando Ministro della Giustizia Urgente: non si conceda l'estradizione per Pizzolato  
by Luigi Manconi  - Itália

Henrique Pizzolato, di origine brasiliana con cittadinanza italiana, rischia in questi giorni di dover lasciare il carcere di Sant'Anna a Modena, dove sta scontando una pena di più di 12 anni inflitta dal tribunale supremo brasiliano nell'ambito di un'inchiesta per corruzione e riciclaggio. Pizzolato potrebbe essere estradato e trasferito a Papuda, una delle galere più violente e degradate del Brasile.
Il ministro della Giustizia ha deciso, su richiesta delle autorità Brasile, di concedere l'estradizione la cui esecuzione da parte del ministero dell'Interno è stata sospesa lunedì scorso, in attesa della decisione del consiglio di Stato sul ricorso presentato dai legali della famiglia.
Le più importanti organizzazioni internazionali negli ultimi anni hanno denunciato la situazione gravissima in cui versano le carceri brasiliane, inadeguate strutturalmente, sovraffollate, terribilmente carenti dal punto di vista igienico e sanitario, ma soprattutto luoghi dove dominano ferrei meccanismi di sopraffazione a opera di bande criminali.
Il trattato che regola l'estradizione tra Italia e Brasile prevede che essa non venga concessa "se vi è fondato motivo di ritenere che la persona richiesta verrà sottoposta a pene o trattamenti che comunque configurano violazione dei diritti fondamentali". E proprio a febbraio scorso il Senato ha approvato in via definitiva un disegno di legge per la ratifica del trattato del 2008 tra i due paesi sul trasferimento delle persone condannate, che prevede la possibilità di scontare la pena nel paese di cui si è cittadini.
Alla luce di questi elementi, chiediamo al Ministro della Giustizia Orlando di rivedere la decisione sull'estradizione di Pizzolato affinché si arrivi a una soluzione che possa salvaguardarne l'incolumità fisica e tutelare i suoi diritti inviolabili.

  • Andréa Haas RIO DE JANEIRO, ITáLIA
    • aproximadamente 3 horas atrás
    •  
    •  
    In Brasile,
  • Henrique non ha avuto un processo equo; è stato condannato da un solo tribunale, senza diritto di appello. Un processo politico, mediatico, che aveva come bersaglio Lula, i rappresentanti del PT, ministri e politici. Ma chi sta pagando il conto sono le persone comuni come Henrique, che non era politico, né rappresentante del PT, ma un bancario, un sindicalista, utilizzato come capro espiatorio per coprire molti potenti. Henrique non ha commesso i reati che sono stati attribuiti a lui, i documenti del processo lo dimostrano palesemente.





EU QUE  FIZ MINHA PARTE ENQUANTO PUDE.
SINTO  TER DE ME AFASTAR DA INTERNET POR UM TEMPO DEVIDO A MINHA MUDANÇA DE CASA, POR MOTIVO$ DE FORÇA MAIOR.


Tenho ideologia, tenho partido mas não sou sustentado por ele...

#SOUPT
Por muito tempo  Henrique Pizzolato me ajudou, enquanto esteve no Brasil...
Depois, só a militância, com suas doações mantiveram-me aqui na luta https://goo.gl/NXLpL2

Como  não recebo dinheiro do meu partido como os blogueiros do PSDB http://goo.gl/aynMJj , e preciso comer, pagar aluguel, pagar a internet...

Se puder me ajudar mais uma vez, fico muito grato...

Qualquer valor já ajuda.

Ajude-nos a continuar desfazendo as falácias dessa mídia golpista.

Você pode fazer isso com deposito de qualquer valor para Marcelo Bancalero Conta CAIXA ECONÔMICA ag. 2196 operação 023 c/c 00004488-3 CPF 125120428-71

Agora quem tiver dificuldade de contribuir com qualquer valor para o blog Xeque-Mate-Noticias pela conta da Caixa Econômica , pode fazer também pelo Bradesco

agencia 2196

c/c 0021181-8-Titular Marcelo Bancalero CPF 125.120.428.71
Obrigado pelo apoio! https://goo.gl/ghJNJz

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido