Magazine do Xeque-Mate

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Uma hora crucial para Henrique Pizzolato - Hora de unirmos pensamentos positivos, orações e nossa fé em favor de nosso amigo e irmão

Xeque - Marcelo Bancalero

Neste dia tão importante para meu amigo, irmão de fé e companheiro de partido Henrique Pizzolato, não vou pedir apenas aos  companheiros militantes que torçam, , enviem pensamentos positivos por ele...
Vou pedir aos que comungam a mesma fé que eu, que intercedam pelo irmão  Pizzolato. http://goo.gl/G0ocWt
Eu posso afirmar que ele é inocente e não é apenas por ter se tornado um irmão de fé, que necessita e deve ter nossa ajuda http://goo.gl/qAAnI6
Minha história como blogueiro, se une a história de Pizzolato desde 2011 e seguira sendo escrita até que sua inocência seja concretizada http://goo.gl/vcc9rm
E logo, essas verdades que lutamos para  evidenciar, serão conhecidas por todos de forma oficial, se o novo ministro Fachin, exercer seu dever cívico, jurídico de promover a justiça http://goo.gl/lwGniN
Que nossas igrejas aqui no Brasil e fora dele,  separem um tempo de oração, para que o milagre se complete na vida do irmão Pizzolato.
Posso afirmar como evangélico que sou, e por meu contato com Pizzolato, enquanto estava no Brasil, que sua conversão não é fato.
Desde os cultos realizados em seu apartamento no Rio de Janeiro dos quais  pude participar, até sua conversão completa na Europa, da qual o próprio pastor de Pizzolato me enviou testemunho por email.
Assim, nestes dias, hoje principalmente, o irmão  Pizzolato carece de nossas intercessões por sua vida.
Ele e sua fiel esposa, virtuosa companheira http://goo.gl/77JXJw , tem sido atacados de todas as formas, e a pressão para que ele  volte ao Brasil é incisiva, chegando até a ter gente interesseira infiltrada por lá para que isso aconteça. http://goo.gl/SzLCXx
A sua volta ao Brasil seria um desastre, pois aqui é onde ele correria risco de vida http://goo.gl/wxuJNB , não apenas pelas condições carcerárias deste país, mas por que a morte dele, impediria uma revisão criminal, onde, enfim, teriam de permitir que as provas de sua inocência sejam analisadas... Destroçariam as bases do próprio STF, eliminando a farsa do tal do mensalão de uma vez.
E aquilo que se tornou uma mancha no legado do PT para este país, se tornaria uma mancha na justiça brasileira.
Por isso é inadmissível aceitarmos calados uma vendetta italiana sobre a extradição de Pizzolato http://goo.gl/q37zMN
Precisamos focar numa imagem real de quem é Pizzolato, sem as distorções da mídia golpista http://goo.gl/5bKlg9
Nossas orações devem ser feitas para mover corações na Itália, para impedir a extradição de Pizzolato e o coração do ministro Fachin no Brasil, para que  não permita que as informações do Inquérito 2474, que podem  proivar sua inocência continuem escondidas.
Por isso,  eu coloco abaixo um parte de um pedido  que uma vez ele mesmo nos fez;

"Sabemos que muitas vezes a vaidade, o egoísmo e a soberba levam os homens por caminhos equivocados. Nesses momentos a força de Deus é determinante.
Por isso volto a lhe pedir, de coração, para estarmos juntos em correntes de orações, pensamentos positivos, bons fluídos, boas energias... Pedindo a Deus que ilumine e guie a justiça para  julgarem com a Verdade.  
Deus, os amigos e as orações nos tem acompanhado. Tem nos dado forças e saúde para não desanimar...
Confiamos que a Verdade nos libertará! Acreditamos que em breve, estaremos livres de todo esse "pesadelo" de Injustiças e de mentiras!
Obrigado por ter nos apoiado durante todo esse tempo. Vamos continuar juntos e que Deus nos proteja e abençoe sempre.
Muito obrigado,"
Henrique Pizzolato

Leia mais e assista aos vídeos e siga os links ativos no texto para compreender;


Itália diz que é 'inadmissível' rever extradição de Pizzolato

MÁRIO CAMERA


Na sessão do Tribunal Administrativo Regional para julgar recurso impetrado pela defesa de Henrique Pizzolato, o governo italiano defendeu a sua prerrogativa de extradição do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, depois que o caso foi esgotado em todas as instâncias judiciais do país. Para a Itália, é "inadmissível" rever a decisão.
No argumento da Itália, todos os ritos do processo legal foram cumpridos e a decisão do ministro da Justiça, Andrea Orlando, foi um ato discricionário que levou em conta as garantias de que o petista terá seus direitos preservados para cumprir a pena de 12 anos e 7 meses de prisão a que foi condenado por sua participação no mensalão.
"É inadmissível. A Corte de Cassação [instância mais alta do Judiciário do país] já analisou todo o caso e tomou uma decisão. Não se pode por em discussão agora num tribunal administrativo. O ministro da Justiça já decidiu com base na mesma linha da decisão da Cassação. Então ninguém deveria por isso em questionamento", afirmou o advogado Giuseppe Alvenzio, que representa o Estado Italiano.
Iniciada às 11h (6h no horário de Brasília), a sessão foi presidida pelo juiz Luigi Tosti, o mesmo que concedeu a liminar que interrompeu a extradição do petista no mês passado. Os advogados de Pizzolato e do governo italiano entraram na sala de audiência, onde permaneceram por 30 minutos. Depois da apresentação de argumentos, eles deixaram a sala de audiência. Cinco magistrados deverão participam da câmara de julgamento.
O resultado deve sair na noite desta quarta (3) e o acórdão, publicado na quinta.
Preso na cidade de Módena (norte da Itália) desde fevereiro, Pizzolato não assistiu ao julgamento, em Roma.
Nos países da União Europeia, diferentemente do Brasil, qualquer cidadão pode recorrer à Justiça contra uma decisão do governo.
Em maio, menos de uma semana antes de ser embarcado em um avião para o cumprimento da pena no Brasil, Pizzolato ingressou com um recurso pedindo a suspensão do decreto de extradição do ministro da Justiça sob alegação de que a defesa não teve acesso às garantias oferecidas pelo governo brasileiro ao Executivo italiano e que o caso deveria ser novamente na primeira instância da Justiça.
"Os documentos enviados pelo Brasil ao Ministério da Justiça não têm fatos novos em relação ao que a Corte de Cassação já tinha analisado. O que houve foi apenas uma confirmação das garantias e este é motivo pelo qual não foi estabelecido um contraditório com a parte, que seria simplesmente inútil", afirmou o advogado do governo italiano.
O defensor de Pizzolato, Alessandro Sivelli, novamente não quis conceder entrevista à imprensa brasileira. No recurso apresentado no mês passado, o advogado disse que o ex-diretor do BB - que tem cidadania italiana - estava disposto a cumprir a pena imposta pelo Supremo Tribunal Federal em território italiano.
"O que está em discussão é unicamente a extradição. Para que ele cumpra a pena aqui, só se houvesse consenso de todos os dois Estados, Brasil e Itália", disse Alvenzio.
CENÁRIOS
Se o veredito do Tribunal Administrativo Regional do Lácio validar a extradição de Pizzilato, o Ministério da Justiça da Itália fixará uma nova data para a extradição e o Brasil terá um prazo de 20 dias para efetivá-la. Se a decisão for favorável ao ex-diretor do Banco do Brasil, ele pode ser libertado.
Em ambos os casos, cabe recurso no Conselho de Estado da Itália. Alvenzio disse que o governo italiano vai recorrer se for derrotados.
Se a decisão da audiência desta quarta for contrária a Pizzolato e o Tribunal validar a extradição, há dois cenários são possíveis: o primeiro é o Conselho suspender a extradição enquanto analisa o caso, mantendo Pizzolato na Itália. O outro é a corte acolher o recurso e não suspender a extradição, marcando nova audiência para os próximos meses. Isso daria ao governo brasileiro uma brecha para tentar extraditar o mensaleiro antes do novo julgamento pela corte. 


Segue o email do pastor de Pizzolato na Itália com imagens dos jornais local que  ele me enviou;

Caro fratello Marcelo, 
Buon Anno e benedizioni grandi da parte del nostro Salvatore.
Sono un Pastore Evangelico italiano, Ministro di Culto. Vado nelle carceri di Modena da oltre due anni per portare speranza con la Parola di Dio, ogni giovedì.
Ho conosciuto là Henrique Pizzolato  e dal momento della sua prima visita al gruppo, non è mai mancato.
Ogni volta che si proclamava la Sua Parola, Henrique diventava più forte, più attento e finalmente un giorno ha deciso di donare la sua vita interamente a Gesù!
Si è affidato a Lui e Lui, Avvocato degli Avvocati, lo ha difeso!
Ora è libero, frequenta molte volte la nostra comunità, ha dato, testimonianza di quante meraviglie il Signore ha fatto nella sua vita e porta ora, benedizioni a tanti altri.
Lui e Andrea, sono amati e stimati da tutti noi!
Ti  invio due articoli che uno dei più grandi giornali italiani hanno scritto sulla sua conversione.
Ti benedico nel Suo nome e spero un giorno di poterti incontrare.
Sono stato in Brasile due anni fa. Conosco il Pastore Elias Cardoso e il Pastore Airton Vieira di San Paulo!
In Lui,
Pastore Romolo Giovanardi


 Tradução via Google

Querido irmão Marcelo,
Feliz Ano Novo e grandes bênçãos do nosso Salvador.
Eu sou um pastor evangélico italiano, Ministro de Adoração. Eu vou para a prisão em Modena há mais de dois anos para trazer esperança para a Palavra de Deus, toda quinta-feira.
Eu sabia que Henrique Pizzolato e desde a sua primeira visita ao grupo, nunca perdeu.
Sempre que você proclamar a Sua Palavra, Henrique tornou-se mais forte, mais próxima e, finalmente, um dia ele decidiu dar a sua vida completamente a Jesus!
Ele confiou em Deus e Ele, Advogado Bar Association, defendeu-o!
Agora ele está livre, ele participou de muitas vezes as nossas comunidades, deu testemunho de quantas maravilhas que o Senhor tem feito em sua vida e agora traz bênçãos para tantos outros.
Ele e Andrea, é amado e respeitado por todos nós!
Eu enviar-lhe dois artigos que um dos maiores jornais italianos tem sido escrito sobre sua conversão.
Eu vos abençôo em Seu nome, e um dia eu espero encontrá-lo.
Eu estava no Brasil há dois anos. Eu sei que o Pastor Elias e Pastor Airton Cardoso Vieira de San Paulo!
Nele,
Pastor Romolo Giovanardi






 



Assista aos vídeos desta play list para saber tiudo o que precisa sobre a inocência de Pizzolato 






Tenho ideologia, tenho partido mas não sou sustentado por ele...

#SOUPT
Por muito tempo  Henrique Pizzolato me ajudou, enquanto esteve no Brasil...
Depois, só a militância, com suas doações mantiveram-me aqui na luta

Como  não recebo dinheiro do meu partido como os blogueiros do PSDB http://goo.gl/aynMJj , e preciso comer, pagar aluguel, pagar a internet...

Se puder me ajudar mais uma vez, fico muito grato...

Qualquer valor já ajuda.

Ajude-nos a continuar desfazendo as falácias dessa mídia golpista.

Você pode fazer isso com deposito de qualquer valor para Marcelo Bancalero Conta CAIXA ECONÔMICA ag. 2196 operação 023 c/c 00004488-3 CPF 125120428-71

Agora quem tiver dificuldade de contribuir com qualquer valor para o blog Xeque-Mate-Noticias pela conta da Caixa Econômica , pode fazer também pelo Bradesco

agencia 2196

c/c 0021181-8-Titular Marcelo Bancalero CPF 125.120.428.71
Obrigado pelo apoio! https://goo.gl/ghJNJz




Quero deixar bem claro os críticos, que minha situação, que me obriga  pedir ajuda, não tem nada haver com questões socias do País. O PT tem cuidado do povo. Minhas escolhas, em defender meu partido e meu país nas redes sociais , é que dificultam  e me atrapalham  em ter um emprego formal.
Esta semana é muito importante para  que eu não fique fora dessa partida de Xadrez onde o rei que temos que proteger é próprio Brasil https://goo.gl/i952HY



License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido