Magazine do Xeque-Mate

domingo, 1 de junho de 2014

O mundo que nos assiste neste momento se pergunta... "Que país é este?"

Xeque - Marcelo Bancalero

 Acrescento aqui o testemunho  do amigo Luiz Carlos Azenha do Viomundo dicado comp@ Dom Dhyone Bonfim 

O ALVO ERRADO II

Li em minha linha de tempo este desabafo de uma colega. Concordo com ela. Por motivos óbvios, a mídia corporativa vem detonando a organização da Copa: é campanha eleitoral antecipada dos tucanos, com o objetivo de atacar Dilma no quesito "capacidade gerencial". 

O curioso é a Globo na corda bamba: não pode falar mal da Copa, que é um evento altamente lucrativo para ela, mas precisa falar mal do governo. Então separa a seleção, onde vai tudo bem, da organização, onde vai tudo mal.

Meu testemunho, baseado em dezenas de coberturas de Fórmula Indy, Copa do Mundo e Olimpíadas: tudo o que está acontecendo aqui já aconteceu em outros países.

Nos Jogos Panamericanos de Guadalajara, por exemplo, a pista de atletismo ficou pronta no dia da primeira competição. Mas os jogos foram bacanas, apesar da ausência de grandes estrelas. É que o calor do público compensou outras deficiências.

As Olimpíadas de Atlanta foram sofríveis, apesar de riquíssimas por causa do dinheiro da Coca-Cola, sediada na cidade: não tiveram graça nem fora, nem dentro dos locais de competição. Houve erros crassos de organização e, apesar de toda segurança, aconteceu um atentado numa praça.

Jeitinho? Bem, na Copa da Itália, em 1990, assisti a final sem ter ingresso, nem credencial. Tenho testemunha: o repórter Antônio Petrin, que estava comigo. Estávamos em Roma, de bobeira. Decidimos ir ao estádio Olímpico. Chegando lá, vimos um grupo de argentinos protestando por falta de ingressos. Estavam agitando na entrada. Eu e o Petrin nos metemos no meio deles, gritando Arrrrrrentina, Arrrrrentina. Qdo os organizadores decidiram autorizar a entrada do grupo, entramos junto. Vimos a final sentados na escadaria. Alemanha 1 (pênalti roubado) x Argentina 0.

Portanto, relaxem. O Brasil não é, nem deve tentar ser, a Alemanha.

O que a mídia corporativa faz, agora, é terrorismo eleitoral: se faltar wi fi para os torcedores subirem selfies durante a estreia do Brasil, será um horror, mesmo que o Brasil ganhe por 5 a 0!




Quem  na verdade dá este xeque nos coxinhas  brasileiros que negam a própria brasilidade é  a página Política no Face II que postoudesabafo de Karin Duarte, jornalista internacional do SporTV,  em seu Twitter @karinduarte 



Pois o que acontece neste momento neste país é uma confusão de valores causada por uma minoria manipulada que irresponsavelmente envergonham o Brasil diante dos olhares do mundo que nos assiste e se pergunta... 
Que país é este? 
Essa população foi enganada por anos, viveu na miséria, sob o caos da inflação sujeita privatizações desmedidas, e nunca se manifestou pra nada... Agora, que o país está crescendo, caminhando a passos largos ao primeiro mundo, aceitam a manipulação para manifestarem-se até contra sua própria cultura como o gosto pelo futebol?

Tenho amigos na Europa, EUA e Japão que falam que sentem-se envergonhados com o que assistem de lá... Brasileiros irresponsáveis, falando mal do próprio país.

Querem acabar com a cultura do Brasil?

Sou obrigado a concordar com a reflexão de outro amigo Eder Minelli-representacoes Automotivas
Os coxinhas acham que o Brasil pode ficar sem a Copa? 
Pois bem, então que fique sem sua identidade cultural.
Não seremos mais o país do futebol, do carnaval e de tantos eventos culturais que sustentam comércios, e geram renda a comunidades, municípios, estados e impostos federais.
Seremos conhecidos como a nação dos coxinhas, que não se divertem, não gostam de cultura...
Como um país que nega suas raízes.

Mas ainda bem...
O povo brasileiro não é bobo...
#VaiTerCopaSim a #CopaDasCopas

Eder Minelli-representacoes Automotivas
REFLEXÃO 2- Um tema para se pensar e refletir. hoje estamos passando por um patrulhamento ideológico que falar sobre a copa é mal visto...a onda do momento é ser contra a copa e a alegação numero 1!!!! As verbas teriam que ser investidas prioritariamente em saúde, e educação. Tudo muito bonito, mas........, então a partir de agora: #naovaitercarnaval=prioridade hospitais, ~/ #naovaiterrevellon = prioridade escolas, não vai ter verba publica na oktoberfest, na festa do pião de Barretos, na virada cultural de SP, Nas inúmeras micaretas pelo pais,na parada gay, nos eventos religiosos, nas inúmeras festas regionais pelo pais, festa do círio de Nazaré em Belém, festa do boi em Parintins, feira agropecuária de Uberaba, inúmeros rodeios e festas de são João pelo pais..enfim....a lista e enorme e a partir de agora vamos esquecer tradição, vamos ignorar o retorno dos eventos etc,,,,,todo tipo de verba publica investida em qualquer evento,esportivo, cultural e festivo será proibido a partir de agora e tudo priorizado para educação e saúde...ok pessoal!!!! ISTO NADA MAIS É QUE COERÊNCIA E ÉTICA!!!
Ainda bem que em meio a tantos maus ídolos, maus jornalistas  que vendem a alma ao PIG ( Partido da Imprensa Golpista), ainda podemos encontrar gente do bem como  Karin Duarte, jornalista internacional do SporTV .


Rebeldes sem causa, sem noção e sem condição de ter a própria opinião?
O Brasil não precisa disso...
#VaiTerCopaSim

E por favor!
Preciso de sua ajuda para continuar meu trabalho pois +Quero Mais Brasil

Se como eu você diz aos seus seguidores Quero + Brasil um Brasil de Verdade e Em 2014 Sou Mais Dilmais com postes de Lula pelo Brasil ajude-nos a continuar nossa luta!
Você pode fazer isso com deposito para Marcelo Bancalero Conta CAIXA ECONÔMICA ag. 2196 operação 023 c/c 00004488-3
 — com Marcelo Xeque Mate Bancalero.




License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido