Magazine do Xeque-Mate

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

O Tio Sam está de olho na Petrobrás - Miriam Leitão tenta tornar o negócio uma pechincha

Xeque - Marcelo  Bancalero

O jogo do vale tudo para impedir a reeleição de Dilma em 2014, com postes do Lula espalhados por todo o país, prontos a iluminar o Brasil, não mede esforços na criação de falácias.

Para Miriam Leitão cabe a árdua tarefa de ridicularizar a economia. E para fazer isso,vale-se de ataques à Petrobras. Uma tentativa de desacreditar um dos maiores sucessos do governo. 
Assim, a leitoa vai tentando transformar numa pechincha o Petrobras,aos olhos do Tio Sam que quer a qualquer custo coomprar bem baratinho, caso os tucanos pudessem vencer em 2014 e realizar o sonho de Serra/FHC...Privatizá-la
Leia o excelente artigo do jornalistas Miguel do Rosário no blog O Cafezinho;


O golpe fajuto contra a Petrobrás | O Cafezinho:

Enviado por  on 13/12/2013 – 12:26 pm
Eu já mencionei esse post do Fernando Brito num dos textos de hoje, mas ele (o post) é tão importante que merece ser reproduzido na íntegra e comentado novamente.
Na minha opinião, o post do Fernando retrata uma situação que representa a gota d’água.
A Petrobrás já sofreu outros ataques midiáticos antes, e inovou criando um blog que fez escola e se tornou um marco na história da comunicação corporativa. Em alguns dias de trabalho firme, o blog da Petrobrás bloqueou os ataques sórdidos que vinha sofrendo de uma imprensa sem qualquer compromisso com o interesse público.
O que aconteceu ontem (leia o post abaixo), é sintoma de uma coisa extremamente grave. Dessa vez o ataque foi estancado rapidamente pelo trabalho do Fernando Brito, mas a Petrobrás está perdendo bilhões de reais por causa de “brincadeiras” semelhantes. É evidente que há grandes e obscuros interesses por trás da campanha sistemática de desqualificação da companhia.
A Petrobrás tem que deixar de ser ingênua. Não pode agir como uma empresa provinciana de um país de terceiro mundo. Ela é a jóia da nossa coroa e deve reagir energicamente aos ataques especulativos e midiáticos que vem recebendo.
Hoje a Miriam Leitão fala o seguinte da Petrobrás:
ScreenHunter_3086 Dec. 13 12.16
Miriam Leitão é uma excelente profissional. Está falando verdades. Só que as piores mentiras são aquelas que se travestem de verdade, sobretudo de meias verdades. A Petrobrás enfrenta isso tudo, só que, da mesma forma, acaba de realizar o seu maior leilão, o de Libra, com o qual iniciará a exploração do maior campo de pré-sal já encontrado no mundo.  Acabamos de descobrir que o campo de Franco é quase o dobro do tamanho previsto inicialmente, e pode ser igual ou maior que Libra. E as descobertas continuam surpreendendo, como esse novo campo em Sergipe. Ou seja, tem alguma coisa que não está batendo. É possível estar havendo um ataque especulativo a Petrobrás, com vistas a pressionar investidores domésticos a vender ações da companhia a baixo preço, permitindo que bilionários de Nova York as comprem. É sabido ainda que os proprietários de uma grande emissora brasileira de TV detêm muitas ações da estatal. Querem forçar o preço para baixo para comprar mais?
Quanto ao saldo “escritural”, é uma expressão ridícula. Toda venda é escritural. É muita ginástica para esnobar o fato de que a balança comercial do país vai fechar no azul.
Abaixo, o post de Fernando Brito, em seu Tijolaço.
*
Mídia e PSDB noticiam: Petrobras tem “32% de chances de falir”. É? Então a Vale tem 59%. Que burros!
vale
A irresponsabilidade da imprensa para com a Petrobras só não é maior que seu ódio pela empresa.
E, acabo me convencendo, que a sua burrice e despreparo.
1Boa parte dos sites de economia está publicando a asneira do ano e, claro, o PSDB, idiota, foi atrás e tascou no seu site.
É a notícia de que a Petrobras tem 32% de chances de falir nos próximos dois anos, segundo “um estudo” da consultoria Macroaxis.
Não há estudo algum, seus patetas!
A Macroaxis é apenas um site de “cálculos de investimento” automatizado, que pega dados financeiros brutos, aplica uma fórmula e “tira conclusões”. Uma “maquininha” de previsões que pega o sobe e desce das ações e projeta mecanicamente.
E chega a conclusões, obviamente, burras.
Menos burras, claro, que quem as divulga dessa forma.
A história é a seguinte:
Há um brasileiro que “contribui” com a Forbes, como centenas que escrevem em seu site. Antunes, um “famous who”, que se divertiu ano passado fazendo um texto sobre as possibilidades de Neymar, gastando demais, falir.
Este ano, descobriu o site Macroaxis e foi buscar entretenimento calculando as possibilidades de falência da Petrobras, certo de que bater na estatal brasileira é porta de entrada escancarada para obter espaço na mídia.
E os “complexo de vira-lata” copiam tudo o que sai na Forbes…
Bom, este modesto blogueiro aqui, descobrindo como foi feito o tal “estudo da consultoria Macroaxis”, pensou, simplório como é: pau que dá em Chico, dá em Francisco.
Não deu outra: 59% de chances de falência nos próximos dois anos! Está lá em cima a imagem e o amigo e a amiga podem fazer os cálculos na página de  brincadeirinha financeira, que nem sequer o nome da equipe ou dos dirigentes da “empresa” traz.
Que ridículo!
E que imbecis os meus colegas de profissão que dão “notícias” baseados numa baboseira destas.
Tomara que nenhum chefe de família que tenha posto um dinheirinho em ações da Petrobras, ao ler, tenha saído correndo para vender.
Estes palhaços fazem isso com a maior empresa brasileira, responsável pela extração do mar de riquezas que a providência nos deu no pré-sal.
E se dizem jornalistas de economia. Ah, e os tucanos, gente que entende de negócios.
Palermas.
stock-market-cartoon
- See more at: http://www.ocafezinho.com/2013/12/13/o-golpe-fajuto-contra-a-petrobras/#sthash.a6taNEru.dpuf

'via Blog this'

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido