Magazine do Xeque-Mate

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Sai Helenita Acioli ( títere do Gurgel) entra Rodrigo Janot Monteiro de Barros ( Uma esperança de justiça?)

Xeque - Marcelo Bancalero

A  procuradora-geral da República que estava em exercício, Helenita Acioli, vivia dizendo o que Gurgel lhe instruiu a dizer...
Que iria pedir a prisão imediata dos réus condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, ao final do julgamento dos recursos.

Que principalmente aqueles que não podem utilizar os infringentes seriam presos assim que se decidisse sobre o tema. 

Agora, antes disso acontecer, Dilma nomeia o novo procurador Rodrigo Janot Monteiro de Barros sendo empossado nesta terça (17) os planos de Roberto Gurgel podem ser frustrados;

O que podemos esperar?
Continuamos exigindo que a justiça seja respeitada e que ninguém seja preso se existe alguma dúvida.
São muitas provas da inocência de Henrique Pizzolato que clamam pela anulação deste  julgamento de exceção.

Que seja permitido que Pizzolato se defenda em liberdade!
#PresosPolíticosNuncaMais
Leia;

Novo procurador-geral da República toma posse nesta terça


Do UOL, em Brasília

A presidente Dilma Rousseff, vai dar posse nesta terça-feira (17) ao novo procurador-geral da República, Rodrigo Janot Monteiro de Barros, às 17h. A solenidade vai ser realizada no auditório JK, na Procuradoria Geral da República, em Brasília.
Dilma Rousseff indicou Rodrigo Janot para o cargo de chefe do Ministério Público Federal (MPF) em 17 de agosto. Em abril, ele foi eleito em primeiro lugar, com 511 votos, em votação para elaboração de lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR).
Em 29 de agosto, a indicação de Janot foi aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, após ser sabatinado durante pouco mais de três horas. Ao todo, foram 22 votos favoráveis. Em 10 de setembro, o nome de Janot também foi aprovado pelo lenário do Senado, com 60 votos a favor. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última quinta-feira, 12 de setembro.
O jurista mineiro de 56 anos é especialista em direito comercial e foi secretário de Direito Econômico no Ministério da Justiça em 1994. No Ministério Público Federal (MPF), Janot ingressou em 1984, ocupando o cargo de subprocurador em 2003.

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido