Magazine do Xeque-Mate

sexta-feira, 15 de março de 2013

PEC 35/2012 - Não caia no conto do vigário! Isso é manobra de golpistas! Fuja de "Paladinos da Justiça"!

Xeque - Marcelo Bancalero

Pois é...
Vale de tudo para ganhar de outras formas mais escusas as eleições de 2014.
Os tucanos ajudados sempre pela mídia golpista usam este artifício de forma surpreendente. 
Preste atenção!
Eles transformam até bandidos como o ex-senador Demóstenes Torres em "Paladinos da Justiça" apelando ao senso comum, ao sofrimento dos menos favorecidos, recorrendo com apoio midiático ao desejo destes que "corruptos" paguem por roubarem seu dinheiro. Na verdade, apelam para uma ideologia popular que  prega que "todo politico é ladrão", assim, quando  a mídia, na maioria das vezes, cria uma falsa denúncia, esta população despolitizada, acredita, e manipulada junta-se em favor dos golpistas sem questionamentos. 

Dessa mesma maneira, se hoje você perguntar a qualquer brasileiro se existiu o "mensalão do PT", uma grande porcentagem dos brasileiros, incitados pelo que descrevi acima , vai dizer que sim. Sem ter nenhuma dúvida na sua afirmação, apenas baseados  no que viu na telinha do plim plim e outras ou capas de revistas financiadas por chefe de quadrilha, como a Veja do Carlinhos Cachoeira.
E por mais  que hoje, na internet toda a  farsa do MENTIRÃO já tenha sido denunciada, com provas  contundentes de que  Joaquim Barbosa e Roberto Gurgel maquinaram tudo isso, condenando inocentes à partir da condenação equivocada de Henrique Pizzolato, mesmo sabendo que nunca houve desvios do Banco do Brasil, escondendo documentos da população e impedindo ampla defesa dos réus, ignorando o regulamento da Visanet, indeferindo pedidos de ordem para que  suas falcatruas não fossem descobertas.
Assim, novamente com apoio da mídia que cuidava da manipulação da opinião pública, de novo apelando ao senso de justiça inerente a todo brasileiro cansado da corrupção, fez com que  demais ministros votassem pressionados por estarem sendo expostos ao público como nunca dantes fora visto neste país. E permitiram que o golpe seguisse o curso para  atingir lideres petistas e assim, o PT e Lula.
Transformaram lobos em cordeiros que foram endeusados por este povo sedentos de justiça que caíram na miragem criada pelos oportunistas, achando que teriam a sede saciada.
A PEC 35/2012 vem também da mesma maneira.
Um demônio transvestido de anjo, aparece como mais um "Paladino da Justiça", papel bem representado por demotucanos. Mas  ai também é uma furada.
Por que não retirar o salário então de todos os representantes do povo?
Por acaso deputados e senadores são mais representantes do que os vereadores desta pequenas cidades?
este país  tem três poderes reconhecidos pela Constituição.
Nenhum é maior que o outro (mesmo que o Joaquim Barbosa não concorde com isso), mas  se completam. A ideia é simples... O PSDB que nunca fez nada pelo povo, que votou contra  tudo o que  o governo Lula e Dilma projetou de bom para o país, como redução de tarifa de luz, só para dar um exemplo, esse partidinho vai tentar de tudo para que a mídia os enalteça e novamente engane a população.
Por mim vereador, deputado, senador poderiam ganhar  apenas uma ajuda de custo. Mas dizer apenas  vereadores de pequenas cidades devem  ficar sem salário, é conto do vigário! 
É armação!
Espero mesmo que a  população não caia nessa!
Essa é uma manobra pra se esquivar  de uma verdadeira reforma politica e outras que só virão  no governo do PT.
O Brasil caminha passo a passo para isso! Não  vamos  deixar que nada impeça isso!
Eles não tem competência para fazer algo real pelo povo como fez Lula. Assim, criam falsos heróis!
O mais importante agora, é calar a voz destes astutos golpistas, colocar um destes poderes, o judiciário comandado por um membro dessa quadrilha , no seu devido lugar denunciando os ERROS que o STF cometeu induzido por essa pessoa, e resgatar a legitimidade da nossa Constituição que foi violada por Roberto Gurgel e Joaquim Barbosa!
Por estas e outras apoio a nota de repúdio que me foi enviada por email de AVERVALES VEREADORES DOS VALES/MG 


Contamos com seu precioso canal de informação e opinião para fomentar esse debate. Se possível, gentileza publicar. 

NOTA DE REPÚDIO

A ASSOCIAÇÃO DOS VEREADORES DOS VALES DO MUCURI, JEQUITINHONHA E SÃO MATEUS/MG- AVERVALES, vem a público manifestar seu veemente repúdio contra as graves ameaças aos Princípios Fundamentais da nossa República, perpetradas pela PEC 35/2012, Proposta de Emenda Constitucional que pretende acabar com a independência entre os poderes Legislativo e Executivo municipal, através da extinção do subsídio dos Vereadores.

A PEC 35 foi proposta pelo empresário bem sucedido e Senador Cyro Miranda – PSDB, o mesmo que defendeu que o senador é mal remunerado, e que tem pena de quem depende daquele valor para sobreviver. Contudo, quando o assunto é o legislativo do município, por gritante incoerência, muda o discurso, até por desconhecimento, vez que ainda ignora a magnitude do sufrágio universal. Cyro Miranda assumiu tão importante ofício sem nunca ter recebido um único voto para mandato constitucional, e ainda assim, levanta-se contra os vereadores, legítimos representantes do povo, e contra a necessária independência para bem exercer esse ofício.

Infelizmente, para atender ao quórum de iniciativa da PEC, o incoerente Senador Cyro Miranda arregimentou apoio de destacados defensores dos Princípios Fundamentais e da democracia, que induzidos a erro, deixaram de observar a justificativa da PEC 35, que sinaliza um norte sombrio, quando rememora que a legislação da Ditadura Militar também foi hábil em sequestrar a independência dos vereadores através da supressão de suas remunerações, de suas liberdades e até de suas vidas. Por isso, espera-se que os demais signatários dessa PEC da Incoerência, verdadeiros conhecedores da importância do voto, não façam parte dessa nova tentativa de amordaçar o vereador.

Legitimado pelo povo e pela Constituição Federal para legislar e fiscalizar o Poder Executivo Municipal, o vereador representa o único poder que tem contato direto com o cidadão, nos rincões mais afastados dos grandes centros. Por conseguinte, o vereador é quem assume a função de porta-voz direto do eleitor e da comunidade em que reside, fazendo de sua Casa a casa do cidadão, onde o munícipe consegue receber atenção, informações e resposta para seus anseios.

REPUDIAMOS, veementemente, qualquer tentativa de surrupiar o subsídio dos vereadores, pois sabemos que é discurso demagógico e tirano, arrimado em falaciosa premissa de economia para o erário público, que seduz desmemoriados, mas visa tão somente a colocar os vereadores prostrados diante do Executivo Municipal, tirar-lhes a independência e afastar o holofote dos grandes centros de poder e, infelizmente, de corrupção.

NÃO À PEC 35, A PEC DA INCOERÊNCIA!

Assembleia Geral da AVERVALES, Teófilo Otoni/MG, 02 de março de 2013

Secretaria Executiva da Avervales 


Se quiser  entender mais dos ERROS do STF  assista aos vídeos abaixo!


License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido