Magazine do Xeque-Mate

domingo, 3 de março de 2013

Errando ou acertando, somos a somatória de nossas vivências, não podemos negar o que somos!


Quando iniciei minha peregrinação na internet, tinha  a pretensão de viver o que diz a canção de Roberto Carlos... "Ter um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar"
Porém as regras das redes sociais nunca me permitiriam tanto.

Minha militância me ajudou a fazer uma grande rede de  companheiros. Hoje,  tive de aguardar que terminasse o dia para agradecer a todos de uma só vez. 
Sei que muitos  que  não deixaram uma mensagem, foi pelo  mesmo motivo que eu, que me perdi em meus afazeres nesta luta pela democracia  justiça, que  acabei  esquecendo de conferir a lista dos aniversariantes, coisa que sempre fazia.
Mas o que importa, é que  hoje provamos aqui uma coisa, não somos sozinhos neste mundo, precisamos do outro... Sempre!
E em nossos erros e acertos da vida, ano a ano, página a página,  sempre  este outro, irmão, amigo, familiar, companheiro... Será fundamental para que nossa vida seja moldada. E assim nos tornamos cada dia uma pessoa melhor. Não melhor do que ninguém... Mas capaz de mesmo nas diferenças se integrar no objetivo do bem, da verdade, da justiça! Isso é o que nos faz seres humanos!
Obrigado a todos vocês por existirem em minha humilde existência nessa terra.


Erros e  Acertos
Já escrevi em outros aniversários sobre páginas viradas que se foram...
Mas páginas viradas devem ser relidas, e muitas  lições assim, podem ser reaprendidas.
Esquecer nossas histórias sejam elas boas ou não, é esquecer de nós mesmos...
Somos a somatória de nossas vivências, não dá pra negar do que somos feitos.
Cada  dia de nossas vidas, cada experiência de bonança ou tempestade...
Cada escolha que fizemos, sejam estas certas ou erradas, moldaram o nosso ser.
A vida se constitui disso mesmo, de viver um dia de cada vez, errando, acertando...
Mas fazendo o mais importante... Vivendo!
Algumas religiões  dirão que o bem e o mal nos habitam, outras dirão que nos rodeiam
A quem fale em energias positivas ou negativas, em Deus e o diabo...
E a quem prefira não acreditar em nada disso.
Tenho minhas próprias convicções  neste assunto.
O que  eu posso dizer  que seja inerente ao ser humano de  qualquer religião, ou  concepção de vida. 
É que  sempre temos  o livre arbítrio, para  escolher o caminho que trilhamos, as escolhas que fazemos.
Por isso, olhar para trás é muito importante!
Pois podemos aprender com nossos erros e acertos.

Podemos melhorar nossa percepção para as novas escolhas nas páginas em branco do resto de nossos dias.
Tenho tentado fazer escolhas assertivas por todas estas páginas da minha vida.
Errei muitas vezes sabendo que estava errando, outras errei tentando acertar, algumas acertei direto no alvo.
Mas em todas estas escolhas, me senti vivo!
Pois viver é isso... Não desistir nunca!
Agradeço pela vida, e pela chance de continuar vivendo dessa maneira...
Livre para escolher errar ou acertar...
Mas sempre podendo olhar para trás para poder ser alguém melhor no dia seguinte...
Obrigado a todos os que  acompanharam meus erros e acertos, e tiveram paciência para não me julgar.
Me perdoem os que de alguma maneira sofreram com meus erros.
Espero amanhã ser melhor que hoje para poder compensar.
O poeta Pablo Neruda disse que somos livres para fazer nossas escolhasmas somos prisioneiros das conseqüências.
Eu digo que essa escravidão é positiva pois são as consequências que nos moldarão e não as escolhas.

Marcelo Bancalero

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido