Magazine do Xeque-Mate

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Eleições 2012 em Votorantim - As contradições do tucano herr Erinaldo

Xeque - Marcelo Bancalero




Não desenvolver economicamente Votorantim
foi a política de Erinaldo no seu último governo

               Na sua entrevista ao Cruzeiro desta terça (21/08), Erinaldo Alves da Silva mostra toda sua contradição, ao falar da atração de novas indústrias para Votorantim.  Ele diz que “A indústria não vem por amor à cidade” e que é preciso ter algum interesse dela para investir na cidade. O que o tucano omite é que é exatamente isso que o governo Pivetta vem fazendo, dotando a cidade de infraestrutura para que as empresas tenham a garantia de poder trabalhar com tranquilidade. Mas a cidade precisa ter também qualidade de vida, o que Pivetta também está melhorando, com ações na educação, meio ambiente, transporte coletivo, pavimentação, esportes e lazer, cultura e todas as áreas. Com melhor qualidade de vida – o que o tucano omite também ou talvez nem saiba -, as pessoas aumentam sua autoestima e os trabalhadores têm melhor rendimento profissional.
               O tucano esquece que, também de nada adianta a cidade ter infraestrutura e boa qualidade de vida, se o governo municipal não tiver credibilidade – se é que ele sabe o que é credibilidade... As empresas precisam acreditar no prefeito, na sua palavra, na sua seriedade, no seu dinamismo, no seu projeto e no seu planejamento para a cidade, pois vão investir muito dinheiro nela. E tudo isso Pivetta vem demonstrando que tem. Caso não tivesse, Pivetta não teria trazido empresas do porte do Shopping Iguatemi e Toyota, entre muitas outras, para Votorantim.
               Erinaldo tenta falar como se tivesse conhecimento sobre como atrair empresas, mas ele também omite que, quando foi prefeito, em entrevista ao próprio Cruzeiro, em 1996, afirmou que existia uma política, nas palavras dele, “que não é de hoje, no sentido de conter o desenvolvimento do município” e que ela era da própria administração. 1996 foi o último ano de governo dele, ou seja, Erinaldo confessou que não queria trazer investimento industrial para Votorantim. Isso é que é planejamento, Erinaldo, conter o desenvolvimento da cidade? Isso é incompetência, é falta de visão de futuro, falta de ousadia. A cidade ainda paga um preço alto pela omissão, pela falta de ação de Erinaldo, o que Pivetta está consertando e vem fazendo, com sucesso, progressivamente. 

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido