Magazine do Xeque-Mate

sábado, 4 de agosto de 2012

A procura por Bernardo Colares vira projeto de filme, mas as buscas persistem!

Xeque - Marcelo Bancalero
Como  um favor a amiga Ana Paula Perciano coloco aqui esse post como um link permanente até que descubramos o paradeiro do seu amigo desaparecido na Patagônia

A procura por Bernardo Colares vira projeto de filme, mas as buscas continuam!




A procura por Bernardo Colares vira projeto de filme



Não é segredo para ninguém que não há nada tão forte como o amor de mãe.
Heliane Colares , mãe do escalador Bernardo Colares, parece não descansar enquanto não saber onde está o corpo de seu filho.
Na data em que Bernardo Colares completa 1 ano e 7 meses de seu acidente, foi lançado um projeto para a realização de um documentário sobre o acidente e os acontecimentos que sucederam após isso.
Para saber mais sobre o projeto assista ao vídeo acima.

Para saber como colaborar envie e-mail para :procurandobernardo@gmail.com


Corpo de Bernardo Colares

Mãe de Bernardo Collares diz que corpo não foi encontrado no local do acidente
Em uma carta emocionada recém-publicada na página de Bernardo Collares no Facebook, a mãe do escalador que morreu em janeiro no monte Fitz Roy revela que o corpo do filho não foi encontrado no lugar onde foi visto pela última vez.
Berna, como era conhecido, perdeu a vida ao cair enquanto descia da montanha argentina.
A amiga e companheira de aventura Kika Bradford estava com ele e contou tudo o que aconteceu em um relato para a Go Outside.
A carta de Heliane Damiano Collares contesta ainda a versão de que as condições no Fitz Roy estavam tão ruins a ponto de as equipes de resgate locais decidirem não tentar buscar Bernardo.
O corpo ainda não foi localizado pelas autoridades argentinas.
LEIA NA ÍNTEGRA A CARTA DA MÃE DE BERNARDO COLLARES:
“Após todo o sofrimento pelas tentativas frustradas de salvar o Bernardo, após tantos “nãos” para nossos apelos pelo resgate, recebemos a notícia de que o corpo do MEU FILHO não se encontra no local onde sua parceira o deixou VIVO, em 03/1/11.
Fotos tiradas em fevereiro constataram que, no local, só permanecem algumas barras de cereal, uma corda (identificada pela Kika como sendo a da ancoragem de Bernardo), o cantil, um bujão de gás para fogareiro, um stopper, uma piqueta e um par de sapatilhas de escalada.
Inexplicável!
Várias indagações podem ser feitas a partir desse fato.
Será que o estado de saúde de Bernardo não era tão ruim quanto as previsões pessimistas que o condenaram, e ele arrumou a mochila, abandonando alguns itens, tentando salvar-se, ante a demora do resgate, tendo queda fatal em outro lugar?
Quanto tempo ele esperou?
O que sofreu?
Será que saqueadores estiveram lá (onde nos diziam que ninguém conseguiria ir para ajudá-lo), levando o que tinha de valor e empurrando o corpo no precipício?
Como, após tantos dias, barras de cereal permaneceram num lugar em que nos falaram de terríveis ventos que inviabilizavam vôos de helicópteros?
Como nos propusemos a falar somente do que podemos provar, aqui nos limitamos a lançar as interrogações, que permanecem como facas nos nossos corações.
As fotos foram encaminhadas ao Itamaraty, com requerimento no sentido de que se reabra processo judicial que tramitou na Argentina, com novas investigações e resgate do corpo.
Na carta, informamos, ainda, que, pelas informações preliminares recebidas dos montanhistas locais, o corpo deve se encontrar no glaciar, a 1000 metros abaixo, próximo à “grande canaleta”, em local que pode ser atingido inclusive sem escalada e onde foram resgatadas duas pessoas no ano passado.
E agora, aqueles que nos falaram com tanta certeza de que Bernardo morrera nas primeiras horas do acidente, de hipotermia, teriam as respostas de que nós precisamos para dormir em paz?
E eles, será que têm a consciência livre da culpa por seu amadorismo ter concorrido para a morte de uma pessoa?
Heliane Damiano Collares (mãe do Bernardo)

Kika Bradford publica esclarecimento detalhado sobre Bernardo Collares

Acredito que já foram feitas todas as homenagens possíveis, até o momento, para o escalador Bernardo Collares.
Tive a oportunidade de conhecer o “Berna”, e realmente era uma pessoa querida e cheio de carisma e energia positiva.
Compreendo que para quem fazia parte de seu círculo de amizades, e para sua família a ausência dele é insuportável. Isso para dizer o mínimo.
Porém desde que sua família resolveu publicar relatos do acontecido pelo perfil no facebook de Bernardo, algumas pessoas começaram a atacar os envolvidos na história.
No último fim de semana a companheira de corda de Collares se pronunciou também por Facebook para elucidar todos os fatos do ocorrido.
Fatos estes que por algum motivo não foi publicado pela imprensa, que se limitou ao fato de dar informações não tão profundas (talvez por motivo de espaço) o que causou mais desinformação. A superficialidade tratada por alguns jornalistas deixou margem a muitas interpretações e “achismos” e pouca margem para a racionalidade.
Para quem deseja saber mais sobre o acidente, com detalhes minuciosos e cronológicos pode acessar o declarada por Kika aqui :http://www.facebook.com/note.php?note_id=1799047547635&comments
Aqui no espaço do Blog de Escalada somente a partir de hoje limitarei a publicar apenas notas sobre alguma homenagen pública ao Bernardo Collares. Acredito que por mais que discutirmos o assunto, não teremos um “culpado” para que atiremos todo a falta que ele faz.
Fica aqui a esperança que todos os lados insatisfeitos com a situação da conclusão sentem e conversem para se entenderem, e encerrar de vez a fase de acusações em que, na minha opinião, não há nenhum culpado.
in http://blogdescalada.com/kika-bradford-publica-esclarecimento-detalhado-sobre-bernardo-collares/



Procurando Bernardo

Este folheto está sendo distribuído em todos os lugares chaves de El Chaltén. O Rolo já fez algumas visitas ao local e, segundo ele, a neve esta baixa e logo teremos condições de achar o corpo. Temos também algumas fotos do local para ajudar a quem for lá.
 Se você for a Chalten, procure o Rolo e diga que que ajudar a procurar o Bernardo; se encontra-lo, favor avisar às autoridades locais ou enviar e-mail paraPROCURANDOBERNARDO@GMAIL.COM.

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido