Magazine do Xeque-Mate

sábado, 6 de novembro de 2010

Pronunciamento em cadeia nacional de Lula


Em pronunciamento na TV, Lula pede respeito mútuo entre governo e oposição

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Em pronunciamento em rede nacional realizado na noite desta sexta-feira (5) na TV, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva elogiou a condução das eleições no país ("a festa democrática de domingo foi o coroamento de um processo eleitoral que mobilizou o país durante meses") e pediu que governo e oposição eleitos respeitem-se nos próximos anos.

Veja a íntegra do pronunciamento de Lula

"É importante que governo e oposição, sem abrir mão de suas posições, respeitem-se mutuamente", disse.

A declaração vem após o encerramento de uma disputa marcada pela troca de acusações e pela inclusão de temas religiosos, como o aborto, no debate eleitoral.
"Nos próximos anos, o Brasil poderá consolidar-se como uma terra de oportunidades. Avançaremos mais rápido nessa direção se soubermos qualificar o debate politico", afirmou o presidente.

Lula também aproveitou para cumprimentar "a companheira Dilma Rousseff", eleita a primeira mulher presidente do Brasil após superar o tucano José Serra no pleito de outubro.
"Tenho consciência do imenso simbolismo desse ato", afirmou ele, para quem a eleição de Dilma mostra que "não há preconceito que não possa ser vencido e superado pela tenacidade do povo".
E

Em pronunciamento, Lula diz que eleições transcorreram sob o signo da liberdade

Publicado em 05.11.2010, às 22h49

As eleições deste ano transcorreram sob “o signo da liberdade”, disse hoje (5) o presidente Luiz Inácio Lula da Siva, em pronunciamento à nação por meio de rede nacional de rádio e televisão. Ele elogiou o trabalho da Justiça Eleitoral, deu os parabéns à presidenta eleita, Dilma Rousseff (PT), e fez um balanço do processo eleitoral: “Simbolicamente, estaremos proclamando ainda que ninguém é melhor do que ninguém. Não importam as diferenças de origem social, de sexo, de sotaque ou de fortuna. Somos todos brasileiros. E todos devem ter oportunidades iguais, o direito a sonhar com dias melhores e o apoio para melhorar sua vida e a de sua família”.

O presidente destacou a liberdade existente no processo eleitoral. “O povo pode escolher seus dirigentes e representantes livremente. Também livremente, partidos e candidatos puderam expressar suas opiniões, defender suas ideias e criticar as propostas dos seus adversários.”Com o fim das eleições, Lula afirmou que “nas urnas, falou o povo” e, agora, caberá ao governo e à oposição respeitarem a vontade do povo. “Passadas as eleições, quando é compreensível que o calor da disputa gere confrontos mais duros, é importante que governo e oposição, sem abrir mão de suas opiniões, respeitem-se mutuamente e divirjam de forma madura e civilizada”.

Lula ressaltou também que o processo eleitoral mostra a força da democracia brasileira. “No último domingo, o povo brasileiro, mais uma vez, deu uma extraordinária demonstração do vigor da nossa democracia: mais de 106 milhões de eleitores foram às urnas. E, em num ambiente de tranquilidade e entendimento, mas também de paixão e entusiasmo, promoveram uma grandiosa festa democrática em todo o Brasil.”

Lula disse que será uma “grande satisfação” passar a faixa presidencial para a primeira mulher eleita presidente do país. “Quero dar os parabéns à companheira Dilma Rousseff Para mim, primeiro trabalhador eleito presidente da República, será motivo de grande satisfação transmitir a faixa presidencial, no próximo dia 1º de janeiro, à primeira mulher eleita presidente da República. Tenho perfeita consciência do imenso simbolismo desse ato.”


License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido