Magazine do Xeque-Mate

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Jose Serra é pressionado no Jornal Nacional! Por que?




Xeque - Marcelo Bancalero



O que mudou?
Eis a pergunta que não quer calar!
Se entrarmos no You Tube e assistirmos as entrevistas feitas na Globo no 1º turno, as notícias dos principais jornais e revistas. Poderemos verificar uma tendência de resguardo ao candidato Serra e contundentes e críticos com Dilma. Chegando a ser necessário grande movimento pela internet para denunciar esa atitude partidária sem ética jornalística.
Agora de repente, algo mudou!Todos parecem mudar de atitude!
Acredito que percebendo que se aliar a um político sem escrúpulos como José Serra, seria arriscar-se a perder mais credibilidade. Resolveram mudar o jogo.
Só que agora é tarde!
O povo já sabe que são interesseiros!
E quer saber...
Dilma não precisa da ajuda de nenhum deles!
A verdade é que  eles tem medo do que vai acontecer e querem agora aparecer para o povo como quem esteve aliado à verdade.
Mas isso é mentira!
Apenas não querem perder o resto de poder que ainda tem.
Acontece que com a ampliação da internet banda larga a preço justo. Com o programa de Dilma que levará a internet na casa de cada brasileiro. A força dos grandes impérios de comunicação se tornará obsoleta.
Todos poderão verificar a veracidade do que for dito nestes jornais, revistas e programas de TV, em apenas um click no computador.
Uma nova revolução tem início com Dilma eleita. E eles é que vão perder mais com isso!
Parabéns povo brasileiro que ousou acreditar!
Que ajudou a escrever na urna um capítulo marcante de nossa história.Que vai eleger a 1ª mulher como presidente do Brasil.
Que vai levar o Brasil ao seu lugar de direito no 1º Mundo
E um recadinho ao Sr Alkimim e aos políticos tucanos que ainda conseguiram se eleger nessas eleições!
Aproveitem bem, pois serão os seus últimos 4 anos de enganação.
O povo está descobrindo uma coisa que vocês conhecem bem. O gosto do poder!
E como vocês, o povo não vai querer abrir mão disso!
Dilma Presidente, é o povo continuando no poder de sua própria nação!



Veja abaixo a entrevista de Serra

Entrevista de Serra no Jornal Nacional em 19 de outubro. Pq Boner alfinetou Serra?

   De maneira estranha, Wiliam Boner e Fátima Bernardes foram incisivos com Serra sobre questões como aborto, homossexualismo e Paulo Preto. Pq será? O jornal Folha de São Paulo tem feito matérias criticas á Serra, assim como a revista Isto É.  O que será que está contecendo?


Vejam alguns trechos:


Fátima Bernardes: Agora, esse segundo turno, ele está radicalizado. Uma mistura entre religião e política que normalmente não
costuma dar certo em lugar nenhum. A sua campanha tem explorado posições
do PT e da candidata do partido, por exemplo, em relação ao aborto.
Essa mistura, política e religião, não deveria ser evitada?


Fátima Bernardes: Mas candidato, sua campanha tem falado, mostrado insistentemente imagens de missas, de cultos
religiosos, questões como essas do aborto, até mesmo a união civil entre
homossexuais. Elas não deveriam receber um tratamento de políticas
públicas e não uma abordagem do ponto de vista da religião? Isso não
contribui para um retrocesso no debate político?


Fátima Bernardes: Mas é um retrocesso quanto a isso?


Wiiliam Bonner: Candidato, na sua propaganda eleitoral o senhor tem mostrado obras grandes que o senhor realizou como governador
em São Paulo: Rodoanel, a ampliação da Marginal do Tietê. Essas obras
foram tocadas em parte, ou totalmente, pela Dersa, que é a empresa
estadual que cuida disso. Quando o senhor era governador, o diretor da
Dersa era Paulo de Souza, também conhecido como Paulo Preto. Por alguns.
Paulo Preto foi acusado de ter arrecadado ilegalmente dinheiro para a
campanha do PSDB e de ter ficado com esse dinheiro para ele. O PSDB e o
senhor já negaram essa afirmação, disseram que não houve essa
arrecadação. Mas o fato é que antes de os senhores negarem isso, Paulo
Preto, ao jornal “Folha de S.Paulo”, disse o seguinte: "Não se abandona
um líder ferido na estrada”. O que ele quis dizer com isso?


William Bonner: Mas eu tenho de observar o seguinte. Primeiro, Paulo de Souza tinha um cargo estratégico no seu governo, era
um cargo importante, de grandes obras, e teve uma filha dele, inclusive,
contratada pelo senhor tanto na Prefeitura de São Paulo quanto no
governo do estado em cargo de confiança. Quer dizer: essa relação sua
com parentes, também de alguma maneira não configura aí um nepotismo
dentro do governo?


http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/noticia/2010/10/serra-e...



License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido